O que é este blog?

Este blog trata basicamente de ideias, se possível inteligentes, para pessoas inteligentes. Ele também se ocupa de ideias aplicadas à política, em especial à política econômica. Ele constitui uma tentativa de manter um pensamento crítico e independente sobre livros, sobre questões culturais em geral, focando numa discussão bem informada sobre temas de relações internacionais e de política externa do Brasil. Para meus livros e ensaios ver o website: www.pralmeida.org.

quinta-feira, 24 de julho de 2014

Renuncia de soberania? Era como antigamente se dizia...

Dilma transformou a Granja do Torto em Embaixada da Ditadura de Cuba no Brasil

Coluna de Polibio Braga, 23/07/2014
Ao lado, a granja do Torto. Na foto abaixo, Raul despacha com o presidente da Bolívia, Evo Morales. 



No âmbito das visitas de altíssimo nível que tiveram no Brasil, semana passada, os líderes do Bric, da Unasul e da Celac, inclusive Putin, Cristina Kirchner e Maduro, o ditador cubano Raul Castro foi o único que teve o privilégio de ocupar a casa de campo da presidente da
República, Dilma Roussef, a Granja do Torto.. As fotos ao lado falam mais do que as notícias, demonstrando de que modo o ditador cubano recebeu chefes de Estado, despachou com auxiliares e governou desde a residência oficial de campo da Presidência.

. Dilma foi criticada pela oposição, que já esqueceu o assunto.

. O deputado Mendonça Filho, criticou o governo:

- Este privilégio a Cuba tem viés ideológico, denotando a submissão ideológica dos governos do PT ao regime ditatorial de Fidel Castro.

. A hospedagem inusitada é a parte mais visível de laços estreitos que os governos Lula e Dilma estabeleceram com Havana, cuja pedra de toque é o programa “Mais Médicos”, um verdadeiro tráfico moderno de escravos brancos, já que os profissionais são mantidos sob vigilância no Brasil, sem direito a passaportes e a deslocamentos, garfeados em 90% dos seus salários pelo governo de Cuba.


. A oposição acha que a Granja do Torto converteu-se em Embaixada da Ditadura no Brasil. 
Postar um comentário