O que é este blog?

Este blog trata basicamente de ideias, se possível inteligentes, para pessoas inteligentes. Ele também se ocupa de ideias aplicadas à política, em especial à política econômica. Ele constitui uma tentativa de manter um pensamento crítico e independente sobre livros, sobre questões culturais em geral, focando numa discussão bem informada sobre temas de relações internacionais e de política externa do Brasil. Para meus livros e ensaios ver o website: www.pralmeida.org.

segunda-feira, 24 de novembro de 2014

Contas publicas: chamada para evitar novas fraudes por parte do governo fora-da-lei

Guilherme Medeiros convoca brasileiros decentes a se mobilizarem contra novas fraudes contábeis:

Luiz Guilherme Medeiros6:21am Nov 24 
Semana passada, após obstruírem as votações na Câmara, a oposição conseguiu anular a aprovação da revisão da Lei de Diretrizes Orçamentárias, a LDO. [1]

Tal revisão, orquestrada pelo governo, tem como intuito a realização de contabilidade criativa para fazer parecer com que ele tenha cumprido a meta fiscal de 2014, estando então a presidente Dilma Rousseff isenta do crime de ter violado a Lei de Responsabilidade Fiscal.

Enquanto manipulações estatísticas vem sendo praticadas rotineiramente pelo nosso governo, como até Ministros do Tribunal de Contas da União bem reconhecem [2], a revisão da LDO é uma ameaça ao pouco de austeridade que o Estado brasileiro ainda preserva, sendo peça fundamental para o governo manipular a opinião pública nos duros anos que o país irá enfrentar em breve.

Cidadãos brasileiros que moram no Distrito Federal, hoje cabe a nós representarmos os civis de nosso país e manifestarmos nosso repúdio a este crime contra nossa Pátria.

Vamos comparecer ao Congresso hoje à noite e deixarmos explícito que não aceitaremos que os pagadores de impostos sejam enganados.

>> Curta Instituto Liberal do Centro-Oeste

[1] http://agenciabrasil.ebc.com.br/politica/noticia/2014-11/cmo-fara-nova-sessao-para-votar-revisao-de-meta-do-superavit-aprovada-ontem
[2] http://veja.abril.com.br/noticia/brasil/jose-jorge-ha-uma-argentinizacao-das-contas-publicas
Postar um comentário