O que é este blog?

Este blog trata basicamente de ideias, se possível inteligentes, para pessoas inteligentes. Ele também se ocupa de ideias aplicadas à política, em especial à política econômica. Ele constitui uma tentativa de manter um pensamento crítico e independente sobre livros, sobre questões culturais em geral, focando numa discussão bem informada sobre temas de relações internacionais e de política externa do Brasil. Para meus livros e ensaios ver o website: www.pralmeida.org.

sábado, 20 de dezembro de 2014

Livro: Atlas da Politica Externa Brasileira, Carlos Milani et alii - Clacso (disponivel)

Uma excelente publicação, uma edição cuidadosa, dotada de cartografia de alto nível, uma iniciativa de grande valor dos autores e responsáveis pelo projeto.
Meus parabens a todos.
Paulo Roberto de Almeida

Volver
Atlas da política externa brasileira
 

Carlos R. S. Milani. Enara Echart Muñoz. Rubens de S. Duarte. Magno Klein. [Autores] 

.................................................................................... 

ISBN 978-987-722-040-7 
CLACSO. EDUERJ. 

Diciembre de 2014 

Por suas dimensões continentais o Brasil tende a ser um país mais voltado para dentro. Em vista da grande extensão territorial, o país apresenta uma relevante diversidade entre suas regiões, o que torna o estudo das diferenças regionais em variadas dimensões um atrativo objeto de estudo de um país que é um mundo em si mesmo. O Atlas da Política Externa Brasileira retira o Brasil de si e o projeta no mundo em um duplo sentido. Em primeiro lugar, pela escolha da cartografia temática como a linguagem para representar graficamente as dimensões quantitativas e qualitativas de uma miríade impressionante de dados, tendo como parâmetro representações imagéticas dos mesmos indicadores em diversos outros territórios nacionais. Pela centralidade conferida ao espaço territorial, a cartografia temática praticamente obriga ao uso da perspectiva comparada. Ademais, a escolha de uma projeção cartográfica específica, colocando o país no centro do globo, nos recorda que todas as projeções cartográficas são arbitrárias e refletem as preferências subjetivas de cada pesquisador. Em perspectiva com outras realidades nacionais, o Atlas situa o Brasil no centro do planeta, mas relativiza nossas alegadas especificidades nacionais, equívoco de se tomar o caso brasileiro como único.


Disponível neste link:
http://www.clacso.org.ar/libreria-latinoamericana/buscar_libro_detalle.php?campo=titulo&texto=atlas&id_libro=927
Postar um comentário