O que é este blog?

Este blog trata basicamente de ideias, se possível inteligentes, para pessoas inteligentes. Ele também se ocupa de ideias aplicadas à política, em especial à política econômica. Ele constitui uma tentativa de manter um pensamento crítico e independente sobre livros, sobre questões culturais em geral, focando numa discussão bem informada sobre temas de relações internacionais e de política externa do Brasil. Para meus livros e ensaios ver o website: www.pralmeida.org.

sábado, 13 de maio de 2017

Antonio Candido, o socialismo e a tropa mafiosa

Eu não tenho nada contra a obra literária de Antonio Cândido. 
Eu apenas sou parcialmente contra o fato dele ter permanecido socialista leninista até o final de sua vida. Como eu também já fui socialista econômico na juventude, acho apenas que se trata de uma manifestação de cegueira (seria deliberada?), de burrice, e até mesmo de estupidez imperdoável, pois significa ignorar (deliberadamente?) todos os crimes cometidos pelo socialismo soviético durante décadas.
Agora, sou manifestamente contrário, e o desprezo por isso, ao fato dele continuar a defender uma quadrilha de ladrões até o final da sua vida, o que repete o que disse acima: cegueira, estupidez, desonestidade subintelequitual, pois todas as evidências estavam disponíveis a quem não fosse cego deliberado.
Reafirmo meu desprezo absoluto pela tropa de choque em defesa do meliante, mafioso e criminoso (desculpem a redundância)que foi presidente. Todos eles são canalhas.
Paulo Roberto de Almeida 

Antonio Candido (1918-2017)
 

"FBN | Antonio Candido - Homenagem

A Fundação Biblioteca Nacional expressa seu pesar pela morte de Antonio Candido, aos 98 anos de idade, na manhã de hoje. O sociólogo, ensaísta e professor universitário foi um vulto importantíssimo no panorama cultural brasileiro, autor de extensa obra nos campos da Literatura e das Ciências Sociais. Muito ativo no campo da política, militou no Partido Socialista Brasileiro e ajudou a fundar o Partido dos Trabalhadores. Foi também colaborador dos jornais “Folha da Manhã” e “Diário de São Paulo”.

Antonio Candido recebeu vários prêmios por seus trabalhos de crítica e análise literária, entre eles o Jabuti, o Camões e o Machado de Assis. Em 1996 foi agraciado com o Prêmio Anísio Teixeira, concedido a trabalhos na área de Educação. Dentre suas obras destacam-se o conjunto de artigos “Literatura e sociedade: estudos de teoria e história literária” (1965) e “Formação da literatura brasileira” (1975), entre muitas outras.

A Biblioteca Nacional possui em seu acervo de Obras Gerais os livros de Antonio Candido, recebidos através do Depósito Legal. 

Postar um comentário