O que é este blog?

Este blog trata basicamente de ideias, se possível inteligentes, para pessoas inteligentes. Ele também se ocupa de ideias aplicadas à política, em especial à política econômica. Ele constitui uma tentativa de manter um pensamento crítico e independente sobre livros, sobre questões culturais em geral, focando numa discussão bem informada sobre temas de relações internacionais e de política externa do Brasil. Para meus livros e ensaios ver o website: www.pralmeida.org.

quinta-feira, 11 de maio de 2017

Encyclopedia do Holocausto - Museu do Holocausto dos EUA - free book

Enciclopédia de guetos e campos de concentração nazistas para download gratuito

Obra apresenta dados detalhados, fontes, referências, imagens e mapas. São anos de pesquisa reunidos em mais de 4 mil páginas. Os interessados podem baixar os dois volumes do site do Memorial Museu do Holocausto dos EUA.

Ana Paula Tavares | Agência Café História
O Mandel Center, do Memorial Museu do Holocausto dos EUA (USHMM, na sigla em inglês), em parceria com a editora da Universidade de Indiana, disponibilizou os dois primeiros volumes da coleção Encyclopedia of Camps and Ghettos, 1933-1945, referência internacional no campo dos Estudos do Holocausto. São aproximadamente 4 mil páginas disponibilizadas em 4 pdfs.
Capa do livro sobre guetos e campos de concentração nazistas
Capa dos dois volumes da Enciclopédia de guetos e campos de concentração do Museu do Holocausto de Washington.
A obra traz a descrição detalhada dos 20 mil campos e guetos criados pelos nazistas ou por seus aliados – da Noruega ao norte da África, da França à Rússia. A enciclopédia será composta por 7 volumes que serão lançados até 2025. O prefácio institucional do volume I explica o objetivo da coleção: “Quantos campos e guetos existiram? Quem os administrava? Quem foram suas vítimas? Quanto tempo durou a operacionalização de vários campos e guetos, e qual o propósito específico de cada? Quem lucrou com eles? Onde se pode consultar arquivos e outras fontes de pesquisa sobre determinado campo ou gueto?” [1]
Como está dividida a Enciclopédia
A enciclopédia traz testemunhos, mapas, fontes e fotos, além das respostas para as perguntas acima em cada entrada. No entanto, tudo está em inglês, ainda sem tradução para o português. Confira abaixo o que fazer para fazer o download (gratuito) de cada volume: 
Volume I: traz a descrição dos campos mais antigos, dos maiores campos de concentração da SS e seus subcampos – como como o complexo de Auschwitz; os campos especiais da Polônia e da Alemanha e campos para juventude.  Disponível para download mediante cadastro aqui.
Volume II: Trata dos guetos da Europa oriental ocupada pelos nazistas, tais como territórios Estônia, Letônia, Lituânia, região da Criméia, Ucrânia e territórios russos ocupados. Disponível para download mediante cadastro aqui.
Volume III: Trata dos campos e guetos administrados pelos estados europeus “afiliados” ao nazismo, tais como Croácia, Hungria, Itália, Romênia, Bulgária, Eslováquia e a França de Vichy. Inclui também territórios no norte da África. Data de lançamento ainda não anunciada.
Volume IV: Abordará os campos e outras instalações de detenção militares da Alemanha. Data de lançamento ainda não anunciada.
Volume V: Abordará os campos subordinados ao SS-Reich Main Office e ao Higher SS e líderes policiais. Data de lançamento ainda não anunciada.
Volume VI: Abordará os campos de trabalho forçado não subordinados a SS, como o complexo REIMAHG. Data de lançamento ainda não anunciada.
Volume VII: Abordará outras instalações de detenção e extermínio, como os campos de germanização para crianças polonesas e os centros de eutanásia. Data de lançamento ainda não anunciada.
Enquanto estive navegando, confira também as publicações disponíveis gratuitamente sobre o genocídio na Armênia e sobre a questão dos refugiados, ambas somente em inglês.

Notas
[1] Este prefácio que chamamos de institucional é assinado por Paul A. Shapiro, diretor do Centro de Estudos Avançados sobre o Holocausto do USHMM; Alvin H. Rosenfeld, conselheiro do Comitê Acadêmico do Conselho do Memorial do Holocausto; e Sara J. Bloomfield, diretora do USHMM. Há também outro prefácio – “foreword” – no volume I assinado por Elie Wiesel, que faleceu no ano passado e foi escritor vencedor do Prêmio Nobel na categoria e professor dos Departamentos de Filosofia e de Religião da Universidade de Boston.
Postar um comentário