O que é este blog?

Este blog trata basicamente de ideias, se possível inteligentes, para pessoas inteligentes. Ele também se ocupa de ideias aplicadas à política, em especial à política econômica. Ele constitui uma tentativa de manter um pensamento crítico e independente sobre livros, sobre questões culturais em geral, focando numa discussão bem informada sobre temas de relações internacionais e de política externa do Brasil. Para meus livros e ensaios ver o website: www.pralmeida.org.

quinta-feira, 5 de julho de 2018

Reação da sociedade contra o trio dos coniventes com bandidos confirmados

Não sou de aderir a manifestos de cuja redação não participei, nem de juntar-me a correntes de opinião ou a manifestações de grupos ou movimentos.  Meu quilombo de resistência intelectual (este mesmo) é feito de um único resistente (eu mesmo) e de um autor solitário, que assume plena responsabilidade e responde integralmente por tudo o que vai colocado aqui.
Mas de vez em quando infrinjo a regra, e posto material de terceiros, quando eu os julgo importantes.
É o caso deste manifesto, recebido de amigo, que me parece apropriado, num momento em que três irresponsáveis jurídicos pretendem introduzir um regime de complacência, de leniência e de cumplicidade com bandidos de alto coturno, que merecem 300 anos de cadeia cada um.
Minha voz de protesto contra a podridão moral que eles representam se soma assim aos autores e aderentes deste manifesto.
Paulo Roberto de Almeida
Brasília, 5/97/2018

Resistência contra "trio do mal" começa a ganhar força
Radar Online
29 de junho de 2018 19:54

Ganha corpo em todo o Brasil um movimento que pouco a pouco começa a se articular ordenadamente, de absoluto e completo repúdio, aversão e rejeição ao comportamento dos três ministros da 2ª Turma do Supremo Tribunal Federal que reiteradamente têm se posicionado de forma totalmente abusiva e contrária às decisões do plenário da Corte, concedendo, a torto e a direito, liberdade a criminosos e corruptos condenados a severas penas, sob argumentos pífios de defesa do estado democrático de direito que somente eles enxergam.

Estão colocando em farrapos a credibilidade institucional da Corte Suprema.

As reações estão vindo dos mais variados setores da nação.

São textos, editoriais de grandes jornais, posicionamentos de juristas consagrados e uma tormenta de manifestações nas mídias sociais e na imprensa internacional.

Esse movimento de reação tem que ganhar muito mais musculatura. Três ministros não podem e não devem conseguir sequestrar o Brasil e aos brasileiros, devolvendo ao convívio social marginais, delinquentes e corruptos.

O poder judiciário é o último abrigo da sociedade e não pode servir de refugio para bandidos.

Há uma tática que vem sendo usada por estes três "mosqueteiros" de araque que é desmontar a operação lava-jato, desacreditá-la, tornar sem efeito prático as suas decisões. É transformar o Brasil numa terra sem donos. Levando a população a um estado de confusão e conflitos.

O que está em jogo é a República. A sociedade, a nação e as instituições não podem mais calar diante desse arbítrio, perpetrado por ministros que legislam sozinhos contra toda a ordem normativa brasileira, em defesa de interesses que cada dia ficam mais claros e evidentes.

É hora de se dar um basta e impor limites a essa insignificante minoria identificada com o que existiu de pior na nossa história republicana.
Eles não tem a força que pensam ter!
O Brasil está precisando dos bons! Junte-se a eles!
Abra a boca como um brasileiro de bem. Grite: CHEGA! "
Postar um comentário