O que é este blog?

Este blog trata basicamente de ideias, se possível inteligentes, para pessoas inteligentes. Ele também se ocupa de ideias aplicadas à política, em especial à política econômica. Ele constitui uma tentativa de manter um pensamento crítico e independente sobre livros, sobre questões culturais em geral, focando numa discussão bem informada sobre temas de relações internacionais e de política externa do Brasil. Para meus livros e ensaios ver o website: www.pralmeida.org.

quinta-feira, 1 de novembro de 2018

Desafios externos ao Brasil no proximo governo - Uniceub, 5/11, 19h30


Mesa-redonda no Uniceub, 5/11, 19hs.
Desafios externos ao Brasil no próximo governo
05 de novembro, segunda-feira – 19h30
Local: Auditório do Bloco 3 do CEUB
Presidente
Renata Rosa, Coordenadora do Curso de Graduação em Relações Internacionais do CEUB.
Palestrantes
Paulo Roberto de Almeida
Felipe Scudeler Salto
Roberto Ellery
Debatedor
Fernando Lopes Ferraz Elias, Professor do Curso de Graduação em Relações Internacionais do CEUB.
Abaixo, Mini-CV fornecido pelos palestrantes:
Paulo Roberto de Almeida (São Paulo, 1949) é Doutor em Ciências Sociais (Université Libre de Bruxelles, 1984), Mestre em Planejamento Econômico (Universidade de Antuérpia, 1977), e diplomata de carreira desde 1977. Foi professor no Instituto Rio Branco e na Universidade de Brasília, diretor do Instituto Brasileiro de Relações Internacionais (IBRI) e, desde 2004, é professor de Economia Política no Programa de Pós-Graduação (Mestrado e Doutorado) em Direito no Centro Universitário de Brasília (Uniceub).
Como diplomata, serviu em diversos postos no exterior e na Secretaria de Estado. De janeiro de 2013 até outubro de 2015 foi Cônsul-Geral Adjunto do Brasil em Hartford, Connecticut. Desde 3/08/2016 é Diretor do Instituto de Pesquisa de Relações Internacionais (IPRI), da Fundação Alexandre de Gusmão (Funag), autarquia vinculada ao Ministério das Relações Exteriores.
Seleção de livros publicados: O Homem que Pensou o Brasil: trajetória intelectual de Roberto Campos (org.; Curitiba: Appris, 2017); Formação da diplomacia econômica no Brasil (2017; 2005; 2001); Nunca Antes na Diplomacia: a política externa brasileira em tempos não convencionais (2016; 2014).
Felipe Scudeler Salto
Economista pela FGV/EESP e mestre em administração pública e governo também pela FGV-SP. Foi consultor econômico, com foco em macroeconomia, contas públicas e contas externas, tendo atuado também na elaboração de projetos e pareceres sobre assuntos correlatos para empresas específicas (2008-2014). Entre 2015 e 2016, trabalhou na assessoria dos senadores José Serra e José Aníbal, atuando com assuntos econômicos e fiscais. Ministrou aulas nos cursos de pós-graduação lato sensu da FGV/EESP, na área de macroeconomia e macroeconomia brasileira. Publicou artigos na Folha de S. Paulo, no Valor Econômico e n’O Estado de S. Paulo. Em 2016, publicou o livro “Finanças públicas: da contabilidade criativa ao resgate da credibilidade”, pela Editora Record. Em novembro de 2016, foi indicado, sabatinado e aprovado em comissão e no plenário do Senado Federal para assumir a diretoria-executiva da recém-criada IFI – Instituição Fiscal Independente, cargo que ocupa atualmente. Em novembro de 2017, recebeu o Prêmio Jabuti, ao obter a primeira colocação na categoria de Economia, com o livro supracitado.
Roberto Ellery
Doutor em Economia pela UnB. Pesquisador do IPEA (1998-2002). Professor Associado do Departamento de Economia da UnB. Diretor da Faculdade de Economia, Administração, Contabilidade e Gestão de Políticas Públicas da UnB. (FACE/UnB, 2013 - 2017). Fez trabalhos de pesquisa junto ao Banco Mundial, BID, Banco Central e IPEA. Pesquisa na área de Crescimento Econômico, Ciclo de Negócios e Finanças Públicas.
Sugerimos aos palestrantes 20 minutos para apresentação de seus argumentos, seguida das considerações do debatedor e mais uma hora para a discussão das perguntas da assistência. O auditório dispõe de equipamentos para apresentações em PowerPoint, caso queiram utilizar esse recurso.
O Prof. Paulo Roberto de Almeida falará sobre a situação externa geral e os desafios brasileiros na política externa, por isso, serão muito bem-vindos comentários do Dr. Felipe Scudeler Salto sobre as contas públicas brasileiras e do Prof. Roberto Ellery sobre a produtividade brasileira, ambas também em perspectiva comparada.
Postar um comentário