O que é este blog?

Este blog trata basicamente de ideias, se possível inteligentes, para pessoas inteligentes. Ele também se ocupa de ideias aplicadas à política, em especial à política econômica. Ele constitui uma tentativa de manter um pensamento crítico e independente sobre livros, sobre questões culturais em geral, focando numa discussão bem informada sobre temas de relações internacionais e de política externa do Brasil. Para meus livros e ensaios ver o website: www.pralmeida.org.

Mostrando postagens com marcador história econômica. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador história econômica. Mostrar todas as postagens

quinta-feira, 16 de maio de 2019

A trajetória econômica do Brasil na era militar: crescimento e crises - Paulo Roberto de Almeida

Recebi, de uma editora comercial, uma demanda para pagamento urgente de um trabalho que eu havia apresentado em 2018 num congresso de história econômica, que já se encontrava disponível nos anais do congresso e eu mesmo havia tornado esse trabalho totalmente livre de acesso aos interessados como registro mais abaixo.
A comunicação, em caráter urgente teve esse teor: 

Bom dia,
Lembro que sexta-feira, dia 17/05, é o último dia para submissão e pagamento de seu trabalho intitulado "A TRAJETÓRIA ECONÔMICA DO BRASIL NA ERA MILITAR: CRESCIMENTO E CRISES", para inclusão no livro "A Economia numa Perspectiva Interdisciplinar", a ser publicado pela Atena Editora em Agosto de 2019.

Depois, como eu indagasse do que exatamente se tratava, recebi esta "informação": 

Segue em anexo tutorial com todas as informações necessárias para a inclusão do artigo no livro, peço que leia com atenção pois o prazo final para submissão e pagamento (R$ 386,00) do trabalho é 17/05.
O Pagamento é via PagSeguro, no cartão de crédito em até 12x ou via boleto bancário. 
O autor poderá realizar as modificações que julgar necessárias, desde que não altere significativamente o conteúdo do artigo convidado. Lembrando que essas alterações não são obrigatórias. 
Lembro também que o e-book é open acess, o mesmo visa somente divulgar o nome dos autores, o conhecimento científico, bem como a própria editora.

Como não preciso pagar para ser editado ou publicado, coloco novamente a informação relativa a esse trabalho, com os respectivos links de acesso: 


A trajetória econômica do Brasil na era militar: crescimento e crises 

Paulo Roberto de Almeida
Brasília, 27 de fevereiro de 2018.
Professor de Economia Política no Centro Universitário de Brasília (Uniceub).
  
Resumo: Síntese de história econômica, com base em dados primários e na literatura secundária, em torno da trajetória do Brasil nos anos do regime militar (1964-1985), com identificação das principais tendências macroeconômicas e setoriais, apresentação das políticas econômicas e seus efeitos em termos de crescimento, inflação e dívida externa. Ficam bem destacadas a fase de estabilização e crescimento da economia, na primeira metade da era militar, e a fase de crise e declínio do desempenho econômico, na sua segunda metade, devido não apenas a choques externos (dois significativos aumentos do petróleo e crise da dívida externa, na elevação dos juros externos), mas também a erros de política econômica, redundando em aceleração da inflação e insolvência externa. Tem início uma fase de estagnação econômica e de desequilíbrios externos, parcialmente compensados por planos emergenciais feitos com o FMI.
Palavras-chave: crescimento econômico; crises financeiras; inflação; dívida externa; economia brasileira; regime militar.

1. A economia do Brasil no pós-guerra até o início dos anos 1960
 (...)

2. As reformas econômicas da primeira fase do regime militar: o PAEG
(...)

3. O grande crescimento na fase intermediária do regime militar
(...)

4. O primeiro choque do petróleo e as respostas políticas à crise econômica
(...)

5. O segundo choque do petróleo e a crise da dívida externa
(...)

6. O declínio econômico da fase final do regime militar
(...)

Apêndices:
Principais indicadores econômicos do período militar, 1964-1985 (setor interno)
Principais indicadores econômicos do período militar, 1964-1985 (setor externo)


Referências bibliográficas:

Abreu, Marcelo de Paiva. “O processo econômico”, in: Angela de Castro Gomes (coord.). História do Brasil Nação, 1808-2010, vol. 4: Olhando para dentro, 1930-1964. Rio de Janeiro: Objetiva, 2013, p. 179-227.
_________ . A Ordem do Progresso: dois séculos de política econômica no Brasil. 2a ed.; Rio de Janeiro: Campus, 2014.
Almeida, Paulo Roberto de. “O Brasil e o FMI desde Bretton Woods: 70 anos de História”, Revista Direito GV, vol. 10, n. 2, 2014, p. 469-495.
__________ . “Planejamento Econômico no Brasil: uma visão de longo prazo, 1934-2006”. In: João Paulo Peixoto (org.): Governando o Governo: modernização da administração pública no Brasil. São Paulo: Atlas, 2008, p. 71-106.
__________ . “Finanças internacionais do Brasil: uma perspectiva de meio século (1954-2004)” in; José Flavio Sombra Saraiva e Amado Luiz Cervo (orgs.), O crescimento das relações internacionais no Brasil. Brasília: Instituto Brasileiro de Relações Internacionais, 2005, p. 231-270.
__________ . Problèmes Actuels du Commerce Extérieur Brésilien: une évaluation de la période 1968-1975. Antuérpia: Centre Universitaire de l’État; Collège des Pays en Développement, 1976, dissertação de mestrado).
Baer, Werner. A Industrialização e o Desenvolvimento Econômico do Brasil. 6ª ed.; Rio de Janeiro: Fundação Getúlio Vargas, 1985.
_________ . A Economia Brasileira. São Paulo: Nobel, 1996.
Brasil. 25 anos de economia brasileira. Rio de Janeiro: Gráfica Record, 1965.
Campos, Roberto. “A experiência brasileira de planejamento”, in Mario Henrique Simonsen e Roberto de Oliveira Campos. A Nova Economia Brasileira. Rio de Janeiro: Livraria José Olympio, 1974, p. 47-78.
Carneiro, Dionísio Dias. “Crise e esperança, 1974-1980” in: Marcelo de Paiva Abreu (org.), A Ordem do Progresso: dois séculos de política econômica no Brasil. 2a ed.; Rio de Janeiro: Campus, 2014, p. 241-262.
_________ e Modiano, Eduardo Marco, “Ajuste externo e desequilíbrio interno, 1980-1984”, in: Marcelo de Paiva Abreu (org.), A Ordem do Progresso: dois séculos de política econômica no Brasil. 2a ed.; Rio de Janeiro: Campus, 2014, p. 263-280.
Fishlow, Albert. Desenvolvimento no Brasil e na América Latina: uma perspectiva histórica, São Paulo: Paz e Terra, 2004.
Gordon, Lincoln. Brazil’s Second Chance: en route toward the First World. Washington: Brookings Institution Press, 2001.
Ianni, Octavio. Estado e Planejamento Econômico no Brasil (1930-1970). 2ª ed.; Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1977.
Lacerda, Antonio Corrêa de et al. Economia Brasileira. São Paulo: Saraiva, 2000.
Lafer, Celso. JK e o programa de metas (1956-1961): processo de planejamento e sistema político no Brasil. Rio de Janeiro: FGV, 2002.
_________ . “O Planejamento no Brasil: observações sobre o Plano de Metas (1956-1961)” in Mindlin Lafer, Betty (org.). Planejamento no Brasil, 3ª ed.; São Paulo: Perspectiva, 1975.
Lago, Luiz Aranha Correa do, “A retomada do crescimento e as distorções do ‘milagre, 1967-1974”, in: Marcelo de Paiva Abreu (org.), A Ordem do Progresso: dois séculos de política econômica no Brasil. 2a ed.; Rio de Janeiro: Campus, 2014, p. 213-239.
Lessa, Carlos. 15 Anos de Política Econômica. 3ª ed.; São Paulo: Brasiliense, 1982.
Loureiro, Maria Rita (org.). 50 Anos de Ciência Econômica no Brasil: pensamento, instituições, depoimentos. Petrópolis: Vozes, 1997.
Macedo, Roberto B. M. “Plano Trienal de Desenvolvimento Econômico e Social (1963-1965)” in Betty Mindlin Lafer (org.). Planejamento no Brasil, op. cit., p. 51-68.
Martone, Celso L. “Análise do Plano de Ação Econômica do Governo, PAEG (1964-1966)” in Betty Mindlin Lafer (org.). Planejamento no Brasil. 3ª ed.; São Paulo: Perspectiva, 1975, p. 69-89.
Mindlin Lafer, Betty (org.). Planejamento no Brasil. 3ª ed.; São Paulo: Perspectiva, 1975.
Palazzo, José Truda. “O Planejamento do Desenvolvimento Econômico – o caso brasileiro”. Porto Alegre: Faculdade de Ciências Econômicas e Contábeis da UFRGS, 1977.
Resende, André Lara, “Estabilização e reforma, 1964-1967”, in: Marcelo de Paiva Abreu (org.), A Ordem do Progresso: dois séculos de política econômica no Brasil. 2a ed.; Rio de Janeiro: Campus, 2014, p. 197-211.
Venâncio Filho, Alberto. A Intervenção do Estado no Domínio Econômico: o direito público econômico no Brasil. Rio de Janeiro: Fundação Getúlio Vargas, 1968.

Finalizo chamando a atenção dos interessados para o fato de que vários artigos apresentados nesse Congresso acima vão estar proximamente e livremente disponíveis neste livro:
 "A Economia numa Perspectiva Interdisciplinar", a ser publicado pela Atena Editora em Agosto de 2019.
Lembro, por fim, que este ensaio se trata de versão resumida do trabalho n. 3174, para apresentação na 7ª Conferência Internacional de História Econômica da ABPHE (Ribeirão Preto, em 10-11 de julho de 2018), na área de “Brasil e América nos séculos XX e XXI”.
De nada...
Paulo Roberto de Almeida