O que é este blog?

Este blog trata basicamente de ideias, se possível inteligentes, para pessoas inteligentes. Ele também se ocupa de ideias aplicadas à política, em especial à política econômica. Ele constitui uma tentativa de manter um pensamento crítico e independente sobre livros, sobre questões culturais em geral, focando numa discussão bem informada sobre temas de relações internacionais e de política externa do Brasil. Para meus livros e ensaios ver o website: www.pralmeida.org.

segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

1556) Ufa, emergindo de uma longa noite censória...

Como qualquer um pode perceber, meu último post foi colocado no domingo 29 de novembro, quando ainda estava em Paris.
Agora também estou em Paris, mas já estamos na segunda-feira 7 de dezembro.
O intervalo foi ocupado com...
Censura, barreiras, muralha da China, total bloqueio informático.
Eu estava na China, claro, sem ter o mínimo acesso a sites e a todos os meus blogs, nada, zero, escuro total...
Estou com toneladas de materiais arquivados que nao pude transmitir, postar, sequer manipular de forma conveniente, posto que dependente de outros links e consultas que não pude efetuar enquanto estava na terra dos mongois, ou dos tartaros, whoever...
Bem, continuo trabalhando, mas sem tempo para retomar todo o material acumulado, que vou ter de reprocessar aos poucos, alguns ja carentes de atualidade, outros submergidos em novas camadas geológicas de material novo, ou urgente, ou mais importante, whatever...
Aproveito um intervalo de almoço, na Embaixada do Brasil, antes de voltar para minhas pesquisas (onde não tenho acesso), para postar esta simples informação.
De volta à civilização.
O que isso quer dizer?
Bem, comprei o International Herald Tribune e o Le Monde, para acompanhar com um pouco mais de detalhe a realidade internacional, escapando do China Daily e do Shanghai News, que só tem notícias e comentários filtrados, obviamente.
Aproveito para informar meu almoço, na praça Alma-Marceau:
Restaurante DeVéz
Noix de Saint Jacques espetados num poireaux, endives confites num creme d'orange, acompanhado de um AOC Muscat de Beaumes de Venise (domaine Perrin, 2007), com degustation de Roquefort, depois, e um café para terminar...
Nao posso reclamar, a não ser do preço, mas isso é o esperado...

De noite já combinei um encontro com o doutorando do meu filho numa livraria de Saint Germain que fica aberta durante a noite (caso desejemos ficar por lá, o que pouco provável), para escolhar um restaurante nas imediações.
Depois informo o menu, para alguns degustarem virtualmente...

Paris, 7.12.2009
Postar um comentário