O que é este blog?

Este blog trata basicamente de ideias, se possível inteligentes, para pessoas inteligentes. Ele também se ocupa de ideias aplicadas à política, em especial à política econômica. Ele constitui uma tentativa de manter um pensamento crítico e independente sobre livros, sobre questões culturais em geral, focando numa discussão bem informada sobre temas de relações internacionais e de política externa do Brasil. Para meus livros e ensaios ver o website: www.pralmeida.org.

sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

Espaco Academico: colaboracao estendida por quatro numeros mais, depois bye-bye...

Pouco mais de uma semana atrás, em 11 de dezembro, eu publicava uma relação "completa" de minhas colaborações a um periódico digital passavelmente esquerdista, com o qual contribui, ao meu estilo durante aproximadamente dez anos, de setembro de 2001 a outubro de 2011.
Apenas que cometi um erro nesta postagem:
http://diplomatizzando.blogspot.com/2014/12/espaco-academico-artigos-de-pr-almeida.html
Eu indicava que o final de minha colaboração tinha ocorrido em junho de 2011, quando ela se estendeu por quatro números mais, até outubro do mesmo ano, quando fui "despedido", talvez por publicar artigos como esses quatro que vocês veem abaixo.
Eu andava provocando em demasia os marxistas de academia, contestando suas mais fundadas (e equivocadas) crenças e já tinha entrado em algumas diatribes sérias com o pessoalzinho fundamentalista (por pura provocação, confesso, atacando o besteirol dos true believers, e gozando de suas certezas fundamentais).
Agora, portanto, posso dar por encerrada esta listagem, que segue abaixo nos quatro números derradeiros, pelo menos para mim.
Fica o registro, portanto, sem maiores acrimônias de minha parte, o que nunca tive contra ninguém; como sempre fiz, debato ideias, não pessoas, tanto é que continuo a dar pareceres sobre artigos para a revista, a pedido de seu editor, sendo rigoroso a cada vez, o que também pode ter desagradado os mais rejeitados...
Paulo Roberto de Almeida


Revista Espaço Acadêmico
Artigos Paulo Roberto de Almeida (2001-2011)
  
Ver o conjunto de artigos, do n. 4 (setembro de 2001) ao n. 96 (maio de 2009)
Arquivo da revista até o n. 96 (neste link: www.espacoacademico.com.br)
A partir do n. 97 (junho de 2009), até o n. 125 (outubro de 2011), neste link:
Lista atualizada em 19 de dezembro de 2014

Lista de artigos publicados por Paulo Roberto de Almeida de 2001 a 2011, na ordem cronológica inversa.

Final da colaboração com a Espaço Acadêmico: outubro de 2011

129) “Liberdade econômica no mundo: o caso do Estado ‘opressor’ do Brasil”, Brasília, 25 setembro 2011, 11 p. Considerações metodológicas e práticas, resumido os dados, em torno do relatório Economic Freedom of the World: 2011 Annual Report (Vancouver, BC: Fraser Institute, 2011; disponível: http://www.freetheworld.com/2011/reports/world/EFW2011_complete.pdf), com destaque para uma comparação entre a China “capitalista” e o Brasil “socialista”. Publicado em formato integral na Espaço Acadêmico (ano 11, n. 125, outubro 2011, p. 59-68; links, do sumário: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/EspacoAcademico/article/view/14898; em pdf: http://www.periodicos.uem.br/ojs/index.php/EspacoAcademico/article/view/14898/7979). Relação de Originais n. 2319; Publicados n. 1055.

128) “Onze de Setembro, dez anos: recepção no mundo, reações no Brasil”, São Paulo, 17 julho 2011, 18 p. Contribuição ao dossiê “11 de Setembro: dez anos depois, o que mudou?”, REA, setembro 2011, aproveitando partes do trabalho n. 1101 (2003); Revisão para adequação ao limite de 12 p. Parte inicial aproveitada no trabalho 2297; parte sobre antiamericanismo da esquerda brasileira aproveitada no trabalho n. 2307. Publicada na Revista Espaço Acadêmico, dossiê especial Onze de Setembro – 10 Anos (ano 11, n. 124, setembro de 2011, p. 21-26; ISSN: 1519-6186, link: http://www.periodicos.uem.br/ojs/index.php/EspacoAcademico/article/view/14042/7731). Relação de Originais n. 2290; Publicados n. 1043. 

127) “Pode uma pessoa inteligente pretender-se comunista, hoje em dia?; Reflexões sobre um paradoxo acadêmico brasileiro”, Brasília, 2 agosto 2011, 13 p. Crítica às crenças fundamentalistas do socialismo marxista na substituição de um modo de produção resultante de processos sociais incontrolados e impessoais, como o capitalismo, por um outro, concebido de maneira ideológica e pretendendo operar um exercício de engenharia social com base em premissas equivocadas e pressupostos equivocados sobre o funcionamento de uma economia de mercado. Revista Espaço Acadêmico (ano 11, n. 123, agosto 2011, p. 125-136; link: http://www.periodicos.uem.br/ojs/index.php/EspacoAcademico/article/view/14334/7601; link em pdf: http://www.periodicos.uem.br/ojs/index.php/EspacoAcademico/article/download/14334/7601). Relação de Originais n. 2292; Publicados n. 1042.

126) “Falácias acadêmicas, 15: o modo repetitivo de produção do marxismo vulgar no Brasil”, Brasília, 26 junho 2011, 15 p. Discussão das mistificações cometidas contra o marxismo pelos repetidores de slogans superficiais. Espaço Acadêmico (ano 11, n. 122, julho 2011, p. 111-122; link: http://www.periodicos.uem.br/ojs/index.php/EspacoAcademico/article/view/13823/7221). Relação de Originais n. 2283; Publicados n. 1040.

Lista completa publicada neste link do Academia.edu:   
Postar um comentário