O que é este blog?

Este blog trata basicamente de ideias, se possível inteligentes, para pessoas inteligentes. Ele também se ocupa de ideias aplicadas à política, em especial à política econômica. Ele constitui uma tentativa de manter um pensamento crítico e independente sobre livros, sobre questões culturais em geral, focando numa discussão bem informada sobre temas de relações internacionais e de política externa do Brasil. Para meus livros e ensaios ver o website: www.pralmeida.org. Para a maior parte de meus textos, ver minha página na plataforma Academia.edu, link: https://itamaraty.academia.edu/PauloRobertodeAlmeida

segunda-feira, 26 de agosto de 2013

Brasil-Bolivia: entrevista com o Encarregado de Negocios em La Paz, Eduardo Saboia

Assistam neste link a entrevista exclusiva do Ministro Eduardo Saboia, encarregado de negócios em La Paz, sobre o desfecho (ainda não concluído) do caso do Senador boliviano asilado por mais de um ano na Embaixada do Brasil na capital boliviana:

Embaixador Eduardo Saboia fala sobre decisão de trazer senador boliviano para o Brasil


http://g1.globo.com/fantastico/videos/t/edicoes/v/embaixador-eduardo-saboia-fala-sobre-decisao-de-trazer-senador-boliviano-para-o-brasil/2781411/

Há um inquérito oficial em curso sobre o assunto.
Algumas palavras do diplomata:
"Não havia uma negociação... (...) Havia um risco iminente de vida.
Estive em Brasília duas vezes para tratar do assunto. (...) Inclusive eu pedi para sair. Disse que eu não iria compactuar com essa situação que atenta contra a dignidade da pessoa humana e também à honra do meu país. Eu não preciso de instruções específicas para situações de urgência e foi isso que aconteceu."

Seu país, provavelmente, não é o mesmo de algumas outras pessoas envolvidas no assunto.
Mas é, certamente, o meu país também. Minha solidariedade.
Paulo Roberto de Almeida

Comentário recebido em outra postagem sobre o caso:

Gabriel deixou um novo comentário sobre a sua postagem "Ai minha Nossa Senhora do Rio Branco, o que vai ac...": 
A entrevista de Eduardo Saboia sobre a ajuda por ele concedida ao senador boliviano revela uma postura de um autêntico liberal, defensor dos interesses e da honra de um país - e não de um governo.

A subserviência do Itamaraty a Bolívia, calcada em um pretenso esforço integracionista, é uma lástima para qualquer brasileiro. 

2 comentários:

Carlos disse...

Muito obrigado pela notícia PRA, nas últimas semanas eu estava me sentindo como um verdadeiro lixo em ser brasileiro . Fatos como estes nos dão uma pequena chama de esperança.
Pedí aos meus amigos no Brasil que acompanhem o que vai acontecer com o Eduardo, não é muito mas pode pelo menos serve de exemplo de coragem e caráter, coisas que estão em falta atualmente.

Abraço,
Carlos

Anônimo disse...

O Embaixador brasileiro, Eduardo Saboia, deveria ser indicado ao prêmio Nobel da Paz. Caso fosse, o governo brasileiro ficaria constrangido em lhe aplicar sansões. O que nosso embaixador fez tem de ser amplamente divulgado, tem de ser motivo de orgulho para todos os brasileiros e perseguidos políticos mundo afora. Sua atitude não se encerra no auxílio a uma pessoa apenas, mais do que isso, é uma demonstração de que, no mundo, ainda há gente disposta a auxiliar o próximo, ainda que possa sofrer punições. Eduardo Saboia agiu com heroismo; sabe que o Estado brasileiro, hoje, esta comprometido com o regime boliviano e ainda assim agiu mediante sua consciência. Poucos homens são capazes de atos assim.