O que é este blog?

Este blog trata basicamente de ideias, se possível inteligentes, para pessoas inteligentes. Ele também se ocupa de ideias aplicadas à política, em especial à política econômica. Ele constitui uma tentativa de manter um pensamento crítico e independente sobre livros, sobre questões culturais em geral, focando numa discussão bem informada sobre temas de relações internacionais e de política externa do Brasil. Para meus livros e ensaios ver o website: www.pralmeida.org.

sexta-feira, 18 de julho de 2014

Prata da Casa: os livros dos diplomatas: nova versão (Julho 2014) - Paulo Roberto de Almeida


Paulo Roberto de Almeida


Tudo o que você sempre quis saber sobre as relações internacionais e a política externa do Brasil, e não tinha a quem perguntar?
Quase isso. Sem ser um guia sistemático de leituras direcionadas, este livro é, na verdade, um diretório anotado de todas as publicações mais importantes, escritas nas últimas décadas por diplomatas e por acadêmicos, sobre questões da agenda internacional e das relações exteriores do Brasil, sobre temas que interessam aos próprios profissionais da área, bem como aos estudantes e aos candidatos à carreira diplomática.
Os melhores livros resenhados, anotados, criticados, no que eles têm de bom, de menos bom, em todo caso de útil, para um aprofundamento crítico sobre o que de melhor se escreveu em torno dos temas mais relevantes da diplomacia brasileira desde o final do século passado. Uma referência doravante indispensável a quem quer saber quem escreveu o quê, como o fez, e com qual metodologia, sobre os mais diversos assuntos da agenda internacional contemporânea, assim como da própria história e economia do Brasil e mundial.
Ele é o equivalente ao que na tradição britânica se chama de companion, ou seja, um companheiro de leituras, ou de releituras, para a melhor literatura disponível no setor.

Resenhas de livros acadêmicos existem em quase todas as revistas da área, geralmente limitadas a duas páginas e na estrita observância dos padrões desse gênero de avaliação crítica: informação objetiva sobre o livro, contextualização no seu ambiente próprio e no estado da arte dos estudos especializados daquele campo, e síntese final. Os grandes jornais também costumam trazer, pelo menos uma vez por semana, notas sobre livros, mas eles se referem apenas às publicações recentes, geralmente os livros da moda, ou aqueles que são “sugeridos” por editores ativistas. Algumas publicações especializadas oferecem, igualmente, uma informação sintética sobre o que vai pelo mundo editorial, como notas mais curtas ou mais longas sobre as novidades mais atraentes, ou até números temáticos.
Não existe, porém, no mercado nenhum equivalente deste livro, uma compilação exaustiva de tudo o que de mais importante se publicou no Brasil (com algumas esticadas ao exterior) sobre as relações internacionais, em geral, em especial sobre sua política externa, por alguém que justamente possui a dupla militância para navegar nos dois campos sem qualquer dificuldade: na diplomacia profissional e na academia, nesta voluntariamente. Foi também voluntariamente que Paulo Roberto de Almeida coletou algumas dezenas de resenhas de livros produzidas ao longo das últimas duas décadas, exclusivamente de livros de diplomatas ou de acadêmicos tratando dos temas que obrigatoriamente interessam aos diplomatas.
Na verdade, são mais de 250 livros lidos e resenhados para publicações diversas, ou para seu próprio deleite intelectual. As 144 mini-resenhas da Primeira Parte do livro são exclusivamente de obras de diplomatas, publicadas em grande parte (mais de 50%) pela Fundação Alexandre de Gusmão, geralmente resultantes de pesquisas direcionadas, visando objetivos institucionais e profissionalizantes: elas foram publicadas, a título essencialmente informativo, numa seção do Boletim da Associação dos Diplomatas Brasileiros que se chama, justamente, Prata da Casa, de onde foi tirado o título deste volume de compilações.
A meia centena de resenhas mais longas – algumas bem longas – da Segunda Parte também é de livros de diplomatas, mas geralmente publicados por editoras comerciais e divulgadas em revistas acadêmicas, embora muitas delas tenham permanecido inéditas até aqui. Na Terceira Parte, finalmente, comparece mais uma meia centena de livros de não diplomatas, acadêmicos brasileiros ou estrangeiros, que produziram obras que falam de perto aos diplomatas e a todos aqueles que possuem atração pelos temas da diplomacia e da política internacional. No conjunto, estas resenhas, que permaneciam esparsas em veículos diversos, ou mesmo sem publicação, oferecem uma oportunidade única para penetrar no mundo da diplomacia e dos estudos internacionais, por meio dos melhores livros que possivelmente foram publicados nas últimas duas ou três décadas (alguns livros são bem mais antigos).
De certa forma, o que vai aqui é uma biblioteca miniatura, ou portátil (se o peso ajudar),  incitando à leitura, ou à releitura, de uma vasta gama de obras que já são clássicas em suas áreas, ou que constituem bibliografia obrigatória nos cursos e centros de estudos da área.
Disponível neste link do Academia.edu:
https://www.academia.edu/5763121/Prata_da_Casa_os_livros_dos_diplomatas_Edicao_de_Autor_2014_

Addendum:
Recebido um minuto atrás: 

Hi Paulo Roberto,
Congratulations! You uploaded your paper 2 days ago and it is already gaining traction.
Total views since upload:



You got 47 views from the United States, the Republic of Korea, Brazil, and Australia on "Prata da Casa: os livros dos diplomatas (Edição de Autor, 2014)".

 
Postar um comentário