O que é este blog?

Este blog trata basicamente de ideias, se possível inteligentes, para pessoas inteligentes. Ele também se ocupa de ideias aplicadas à política, em especial à política econômica. Ele constitui uma tentativa de manter um pensamento crítico e independente sobre livros, sobre questões culturais em geral, focando numa discussão bem informada sobre temas de relações internacionais e de política externa do Brasil. Para meus livros e ensaios ver o website: www.pralmeida.org. Para a maior parte de meus textos, ver minha página na plataforma Academia.edu, link: https://itamaraty.academia.edu/PauloRobertodeAlmeida

sexta-feira, 28 de julho de 2006

605) Anti-globalizadores super-globalizados...

Eu também queria ser um anti-globalizador profissional, sobretudo desses que têm todas as suas despesas pagas por generosas ONGs de países ricos, recebendo convites a torto e a direito, só tendo de computar as milhagens aéreas, como forma de fazer minha "acumulação primitiva" de passagens gratuitas até o final da minha vida, pelo menos (ou quem sabe até?, alguns anos mais...).
Não se trata de meros "turistas acidentais", mas de viajantes "with a cause", e essa causa é a luta contra a globalização, dita assimétrica.
A julgar pela lista de encontros já programados para este ano e o próximo, o pessoal promete esquadrinhar cada recanto do globo possível e imaginável.
Na verdade, à parte esse furtivo desejo de também viajar bastante, já que sou um nômade inveterado, não tenho nenhuma inveja desse pessoal, que se reúne invariavelmente para produzir muita transpiração e pouquíssima, inspiração, if any, a julgar pela ausência completa de propostas factíveis para diminuir os efeitos eventualmente perversos da tal de "globalização assimétrica".
Todas as propostas deles, invariavelmente, tornariam o mundo em desenvolvimento mais pobre e mais precário, isolado dos grandes fluxos comerciais, financeiros ou tecnológicos mundiais, esses mesmos que estão transformando rapidamente certos países em desenvolvimento que desprezam as recomendações estapafúrdias dos anti-globalizadores.
Em todo caso, ninguém consegue vencê-los em matéria de turismo anarco-protestatário...
Vejam a lista de viagens:


Fóruns sociais pelo mundo

VII FSM: de 20 a 25 de janeiro de 2007 em Nairobi, Quênia.

Fórum Social Uganda, de 31 de julho a 3 de agosto de 2006, Uganda
I Fórum Social do Trabalho Social, 1 e 2 de setembro de 2006, Santiago, Chile
III Fórum Social Paraná Médio, de 8 a 10 de setembro de 2006, Argentina
II Foro Social Juvenil, de 14 a 16 de setembro de 2006, Paraná, Entre Ríos, Argentina
Primeiro Fórum Social Regional Saguenay-Lac-Saint-Jean, de 22 a 24 de setembro de 2006, Séminaire Marie-Reine du Clergé, Métabetchouane, Quebec, Canadá
Fórum Social Fronteiriço. Mudança de data: de 13 a 15 de outubro de 2006, Ciudad Juarez, México
I Fórum Social Internacional: Sabedorias Ancestrais, de 12 a 15 de outubro de 2006, Cochabamba, Bolívia
II Fórum Social Português, de 13 a 15 de outubro de 2006, Almada, Portugal
Fórum Social Noruega, 19 a 22 de outubro de 2006, Oslo, Noruega
III Fórum da Cultura Solidária, 15 a 22 de outubro de 2006, Lima, Peru
Fórum Social Moçambicano, 6 a 10 de novembro de 2006, Maputo, Moçambique
Fórum Social Índia, de 9 a 13 de novembro de 2006, Delhi, Índia
Fórum Social de Porto Rico, 17 a 19 de novembro de 2006, Rio Píedras, Porto Rico
Fórum Social Chile, de 18 e 19 de novembro de 2006, Santiago de Chile
Fórum Social Algéria, 14 e 15 de dezembro de 2006, na Algéria
V Fórum de Autoridades Locais, 24 de janeiro de 2007, Nairóbi, Quênia
Fórum Social Quebec, junho de 2007, Quebec, Canadá
Fórum Social EUA, de 27 de junho a 1 de julho de 2007, Atlanta, Geórgia, Estados Unidos
Fórum Social Maghreb, em 2007
Para mais informações, clique no link http://www.forumsocialmundial.org.br/dinamic.php?pagina=foruns_nacionais_por.


PS.: Ei, psiu, algum anti-globalizador folgado, que tenha internet e calculadora: daria, por favor, para me calcular as milhagens aéreas acumuladas a partir de vôos, ida e volta a partir de Brasília, a todos esses lugares fantásticos da anti-globalização militante?
Fico aguardando respostas neste mesmo lugar...

Paulo Roberto de Almeida
um globalizador com poucas milhagens disponíveis...

2 comentários:

Anônimo disse...

Brilhante post, Paulo Roberto!

Adoro visitar seu blog. É muito instrutivo e colabora para uma melhor ligação entre a teoria acadêmica da nossa falida UnB e a prática mais crudenta.
Gostaria, de verdade, que os revolucionários de sofá da UnB lessem seu post e se revoltassem um pouquinho (internamente, é óbvio!).

Paulo R. de Almeida disse...

Meu caro "anonymous"...
Grato pelos comentarios, e confesso que só faço para provocar, do contrário nem perderia tempo com questões tão inuteis a ponto de serem quase de uma inocuidade absoluta. Depois de praticamente dez anos de continuas, intensas e cansativas manifestacoes dos antiglobalizadores contra a globalização perversa, ainda não vi emergir nenhuma proposta que fizesse sentido para melhorar, corrigir ou retificar o itinerario supostamente perverso da globalizacao. Todas as propostas apresentadas ou nao sao factiveis ou implementaveis, ou se o fossem agravariam ainda mais, em lugar de resolver, os problemas que elas supostamente deveria solucionar.
Recomendaria tambem ler meus outros posts especialmente provocadores, nesta ordem:

1523. “Think Again (2): Alter-mundialismo?”, Brasília, 4 janeiro 2006, 3 p. Retomada do trabalho 1297, “Contra a anti-globalização”, para postagens sucessivas, a partir do item nr. 111, no Blog PRA (http://paulomre.blogspot.com/2006/01/111-think-again-2-alter-mundialismo.html).

1530. “Perguntas impertinentes a colegas que me acusam de ser ‘liberal fundamentalista’”, Brasília, 12 janeiro 2006, 4 p. Perguntas incômodas aos que defendem as posições do movimento anti-globalizador, que são em geral também contra a abertura econômica. Postado no Blog, sob nr. 154, link: http://paulomre.blogspot.com/2006/01/154-perguntas-impertinentes-colegas.html. Feita versão diferente, mas com as mesmas perguntas, sob o título “Perguntas impertinentes a um amigo anti-globalizador”, para publicação no boletim Relnet (Colunas de RelNet no. 13, mês 1-6, ano 2006; link: http://www.relnet.com.br/Arquivos/html/2006/08020604almeida-glob.html). Republicado em Meridiano 47 - Boletim de Análise da Conjuntura em Relações Internacionais (Brasília: Instituto Brasileiro de Relações Internacionais, ISSN 1518-1219, nº 65, dezembro 2005, p. 2-4; link: ).

1532. “Resultados antecipados do Foro de Caracas: um exercício de futurologia garantida...”, Brasília, 15 janeiro 2006, 2 p. Resoluções ex-ante do encontro do FSM em Caracas. Publicado no Blog, sob nr. 165 (link: http://paulomre.blogspot.com/2006/01/165-resultados-antecipados-do-foro-de.html).

1533. “Anti-globalizadores super globalizados”, Brasília, 16 janeiro 2006, 1 p. Comentários sobre a agenda globalizada de reuniões do FSM. Blog nr. 168 (link: http://paulomre.blogspot.com/2006/01/168-anti-globalizadores-super.html).

1574. “Sorry, antiglobalizadores: a pobreza mundial tem declinado, ponto!”, Brasília, 9 abril 2006, 18 p. Texto apresentando, resumindo e discutindo o estudo de Xavier Sala-i-Martin, “The World Distribution of Income: Falling Poverty and... Convergence, Period”, The Quarterly Journal of Economics (vol. 121, nº 2, 2006; p. 351-398; ISSN: 0033-5533; link: http://www.ingentaconnect.com/content/docdel/art1062389793; ($ 26,-); link: http://www.columbia.edu/~xs23/papers/pdfs/World_Income_Distribution_QJE.pdf), com comentários adicionais sobre o processo de globalização. Resumo publicado no blog do Instituto Millenium (12.04.2006; link: http://institutomillenium.org/2006/04/12/sorry-antiglobalizadores-a-pobreza-mundial-tem-declinado-ponto/) e postado no blog Diplomatizando (link: http://diplomatizando.blogspot.com/2006/04/349-sorry-antiglobalizadores-pobreza.html#links). Original disponibilizado no site pessoal (link: http://www.pralmeida.org/05DocsPRA/1574DistribRendaMund.pdf).


1573. “A globalização e seus descontentes: um roteiro sintético dos equívocos”. Brasília, 7 abril, 2006, 6 p. Texto suporte para palestra no Uniceub, em ciclo de integração entre graduação e pós-graduação, que seria proferida no dia 19 de abril de 2006, com versão em PowerPoint. Palestra suspensa, alguns dias antes. Transformado em artigo, sob versão revista, e publicado no Espaço Acadêmico (ano VI, nº 61, junho 2006; link: http://www.espacoacademico.com.br/061/61almeida.htm)