O que é este blog?

Este blog trata basicamente de ideias, se possível inteligentes, para pessoas inteligentes. Ele também se ocupa de ideias aplicadas à política, em especial à política econômica. Ele constitui uma tentativa de manter um pensamento crítico e independente sobre livros, sobre questões culturais em geral, focando numa discussão bem informada sobre temas de relações internacionais e de política externa do Brasil. Para meus livros e ensaios ver o website: www.pralmeida.org. Para a maior parte de meus textos, ver minha página na plataforma Academia.edu, link: https://itamaraty.academia.edu/PauloRobertodeAlmeida

segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014

Nunca antes neste pais...

Não me lembro de ter assistido, nos piores momentos da ditadura militar no Brasil, os militares brasileiros, mesmos os mais direitistas e mais repressivos, se solidarizarem publicamente com os regimes de Pinochet, no Chile, ou dos militares da Argentina, por estarem resistindo, heroicamente ou não, às investidas de guerrilheiros, terroristas ou subversivos em geral, que estavam lutando contra essas ditaduras.
Solidariedade na repressão pode acontecer entre serviços de informação, mas não é algo fácil de se assistir a cumprimentos pela resistência a certas ações, quando elas envolvem crimes contra os direitos humanos, correto?
Certas coisas deveriam envergonhar quem está em posição de comando...
Como a conivência no crime, por exemplo.
Paulo Roberto de Almeida

Um comentário:

Eduardo R., Rio disse...

"Em vídeo feito por manifestantes venezuelanos para correr o mundo, Dilma aparece como cúmplice de mortes, pancadaria e tortura. É justo!", por Reinaldo Azevedo.
http://diplomatizzando.blogspot.com.br/2014/02/nunca-antes-neste-pais.html