O que é este blog?

Este blog trata basicamente de ideias, se possível inteligentes, para pessoas inteligentes. Ele também se ocupa de ideias aplicadas à política, em especial à política econômica. Ele constitui uma tentativa de manter um pensamento crítico e independente sobre livros, sobre questões culturais em geral, focando numa discussão bem informada sobre temas de relações internacionais e de política externa do Brasil. Para meus livros e ensaios ver o website: www.pralmeida.org.

domingo, 20 de maio de 2018

Objetivos estratégicos do Brasil: propostas PRA

O que eu acho que o próximo governo deveria fazer. Escolhi apenas três áreas, mas elas são abrangentes. Em educação, por exemplo, não é nem o caso de reforma, e sim de uma revolução.
Não confio que ela ocorrerá.
Nos demais setores, tenho claro o que precisa ser feito, mas abaixo eu listei apenas os headlines. O conteúdo total ainda não foi terminado, por isso não coloco nada aqui além dos itens-títulos.
O resto virá, a seu tempo...
Paulo Roberto de Almeida
Brasília, 20 de maio de 2018

Objetivos estratégicos do Brasil

1) Desenvolvimento social como prioridade máxima:
Processo de crescimento sustentado do PIB, com transformações estruturais do sistema produtivo (aumento da produtividade e inovação) e efeitos sociais vinculados ao processo, notadamente via qualificação do capital humano.
Esse processo passa por:
1.1. Estabilidade macroeconômica (políticas macro e setoriais);
1.2. Competição microeconômica (fim da cartelização e da proteção setorial);
1.3. Boa governança (reforma das instituições: três poderes, administração);
1.4. Alta qualidade do capital humano (revolução educacional);
1.5. Abertura ampla a comércio e investimentos internacionais.

2) Segurança pública:
Preocupação prioritária da cidadania, como das empresas privadas.
2.1. Integração dos serviços de segurança nos três níveis da federação;
2.2. Reforma dos códigos processuais e do sistema penitenciário;
2.3. Reequipamento das forças de segurança; treinamento.

3) Política externa:
Revisão dos conceitos básicos da política externa, no sentido da abertura.
3.1. Abertura comercial unilateral, concomitante a reforma tributária interna;
3.2. Revisão do processo de integração com perspectiva de inserção externa;
3.3. Análise das “alianças estratégicas” em sentido puramente pragmático.

(dez páginas escritas deve subir a 20...)

Nenhum comentário: