O que é este blog?

Este blog trata basicamente de ideias, se possível inteligentes, para pessoas inteligentes. Ele também se ocupa de ideias aplicadas à política, em especial à política econômica. Ele constitui uma tentativa de manter um pensamento crítico e independente sobre livros, sobre questões culturais em geral, focando numa discussão bem informada sobre temas de relações internacionais e de política externa do Brasil. Para meus livros e ensaios ver o website: www.pralmeida.org. Para a maior parte de meus textos, ver minha página na plataforma Academia.edu, link: https://itamaraty.academia.edu/PauloRobertodeAlmeida

segunda-feira, 15 de outubro de 2012

"Pessoal: vamos precisar de mais algum dinheiro público..."

Pois é, não contávamos com todas essas condenações, e também com essas tarifas extorsivas, caríssimas, de todos esses "adevogados" incompetentes. Tudo o que eles fizeram, a gente já tinha antecipado e pensávamos que os juízes indicados por nós seriam lenientes: caixa dois, enfim, fizemos o que todo mundo faz, como já disse o nosso chefe supremo, não togado, claro.
Esses "adevogados", além de não nos defender direito, ainda estão cobrando os olhos da cara, e de outros lugares também: milhões e milhões, para essas defesas vagabundas, chinfrins, que foram desmontadas facilmente pelos tiranetes togados.
Como é que vamos pagar tudo isso agora?
Nosso partido já não tem crédito no sistema bancário, os militantes relutam em dar dinheiro extra para defender os companheiros.
E, depois, tem aquela coisa: nosso partido havia prometido expulsar todo e qualquer companheiro pego com a boca na botija, roubando, extorquindo, enfim, cometendo esses crimes que todo mundo comete...
Pessoal, não tem jeito: vamos ter de descobrir maneiras criativas de conseguir alguma grana.
Sugestões são bem vindas; podem enviar diretamente para o nosso comitê central...
Observador imparcial...

Saiba quem já foi condenado no processo do mensalão

Abaixo, a relação dos condenados e absolvidos e os crimes a eles relacionados
Elza Fiúza/ABr
José Dirceu foi condenado por corrupção ativa e ainda será julgado por formação de quadrilha
CORRUPÇÃO ATIVAAto de oferecer vantagem, qualquer tipo de benefício ou satisfação de vontade, que venha a afetar a moralidade da Administração Pública. Pena: reclusão de dois a doze anos, mais multa
CondenadosJosé Dirceu
José Genoino
Delúbio Soares
Marcos Valério
Ramon Hollerbach
Cristiano Paz
Rogério Tolentino
Simone Vasconcelos
AbsolvidosGeiza Dias
Anderson Adauto
CORRUPÇÃO PASSIVASolicitar ou receber, para si ou para outros, direta ou indiretamente, ainda que fora da função ou antes de assumi-la, mas em razão dela, vantagem indevida, ou aceitar promessa de tal vantagem. Pena: reclusão de dois a oito anos, mais multa
CondenadosJoão Paulo Cunha
Henrique Pizzolato
Pedro Corrêa
Pedro Henry
João Cláudio Genu
Valdemar Costa Neto
Jacinto Lamas
Bispo Rodrigues
Roberto Jefferson
Emerson Palmieri
Romeu Queiroz
José Borba
FORMAÇÃO DE QUADRILHAAssociarem-se mais de três pessoas para o fim de cometer crimes. Pena: reclusão de um a três anos
CondenadosPedro Corrêa
João Cláudio Genu
Enivaldo Quadrado
Valdemar Costa Neto
Jacinto Lamas
AbsolvidosPedro Henry
Breno Fischberg
Antonio Lamas
GESTÃO FRAUDULENTAGerir fraudulentamente instituição financeira. Pena: reclusão de três a doze anos, mais multa
CondenadosKátia Rabello
José Roberto Salgado
Vinicius Samarane
AbsolvidaAyanna Tenório
LAVAGEM DE DINHEIROOcultar ou dissimular a natureza, origem, localização, disposição, movimentação ou propriedade de bens, direitos, valores provenientes, direta ou indiretamente, de infração penal. Pena: reclusão de três a dez anos, mais multa
CondenadosMarcos Valério
Ramon Hollerbach
Cristiano Paz
Rogério Tolentino
Simone Reis
Kátia Rabello
José Roberto Salgado
Vinícius Samarane
João Paulo Cunha
Henrique Pizzolato
Pedro Corrêa
Pedro Henry
João Cláudio Genu
Enivaldo Quadrado
Breno Fischberg
Valdemar Costa Neto
Jacinto Lamas
Bispo Rodrigues
Roberto Jefferson
Emerson Palmieri
Romeu Queiroz
AbsolvidosGeiza Dias
Ayanna Tenório
Antonio Lamas
Anita Leocádia
Professor Luizinho
José Luiz Alves
EmpateJosé Borba
PECULATOCrime de apropriação por parte de funcionário público, de dinheiro, valor ou qualquer outro bem móvel, público ou privado de que tenha posse em razão do cargo, ou desviá-lo em proveito próprio ou alheio. Pena: reclusão de dois a doze anos, mais multa(s)
CondenadosMarcos Valério
Ramon Hollerbach
Cristiano Paz
João Paulo Cunha
Henrique Pizzolato
AbsolvidoLuiz Gushiken
Ainda falta decisão:
Acusados porEVASÃO DE DIVISASEnviar dinheiro para o exterior sem declará-lo nem pagar os devidos impostos. Pena: reclusão de dois a seis anos, mais multaMarcos Valério
Ramon Hollerbach
Cristiano Paz
Simone Vasconcelos
Geiza Dias
Kátia Rabello
José Roberto Salgado
Vinícius Samarane
Duda Mendonca
Zilmar Fernandes
Acusados por formação de quadrilha:José Dirceu
José Genoino
Delúbio Soares
Marcos Valério
Ramon Hollerbach
Cristiano Paz
Rogério Tolentino
Simone Vasconcelos
Geiza Dias
Kátia Rabello
José Roberto Salgado
Vinícius Samarane

Nenhum comentário: