O que é este blog?

Este blog trata basicamente de ideias, se possível inteligentes, para pessoas inteligentes. Ele também se ocupa de ideias aplicadas à política, em especial à política econômica. Ele constitui uma tentativa de manter um pensamento crítico e independente sobre livros, sobre questões culturais em geral, focando numa discussão bem informada sobre temas de relações internacionais e de política externa do Brasil. Para meus livros e ensaios ver o website: www.pralmeida.org. Para a maior parte de meus textos, ver minha página na plataforma Academia.edu, link: https://itamaraty.academia.edu/PauloRobertodeAlmeida

quarta-feira, 15 de maio de 2019

Historia economica e social do estado de S.Paulo - Francisco Vidal Luna e Herbert Klein (SP, 28/05)

Convite para o lançamento do livro “História Econômica e Social do Estado de São Paulo, 1850-1950”, de Francisco Vidal Luna e de Herbert Klein:

NOTÍCIA SOBRE O LIVRO “HISTÓRIA ECONÔMICA E SOCIAL DO ESTADO DE SÃO PAULO – 1850-1950”

Lançado recentemente pela Imprensa Oficial do Governo do Estado de São Paulo o livro de Francisco Vidal Luna e Herbert S. Klein – cuja versão original foi editada em inglês e traduzida por Laura T. Motta – representa uma contribuição relevante para a história socioeconômica de São Paulo pois nos oferece uma visão ampla de largo período tanto da época colonial como da primeira metade do século XX. Ao considerar as características da economia e do desenvolvimento estrutural de São Paulo os autores evidenciam como este estado superou sua condição de província ainda pouco desenvolvida para tornar-se a quarta maior área metropolitana mundial. O entendimento de tal processo evolutivo exigiu a exposição da estrutura administrativa e fiscal do estado, as transformações em larga escala nas áreas da educação, da saúde, o processo de urbanização em larga escala assim como as mudanças havidas na órbita demográfica. Embora não se trate de uma visão definitiva da história paulista, a obra, que se define como uma peça básica para professores e alunos, lança um desafio aos demais historiadores e economistas interessados em desenvolverem pesquisas sobre a mais avantajada região do Brasil.

Nenhum comentário: