O que é este blog?

Este blog trata basicamente de ideias, se possível inteligentes, para pessoas inteligentes. Ele também se ocupa de ideias aplicadas à política, em especial à política econômica. Ele constitui uma tentativa de manter um pensamento crítico e independente sobre livros, sobre questões culturais em geral, focando numa discussão bem informada sobre temas de relações internacionais e de política externa do Brasil. Para meus livros e ensaios ver o website: www.pralmeida.org. Para a maior parte de meus textos, ver minha página na plataforma Academia.edu, link: https://itamaraty.academia.edu/PauloRobertodeAlmeida;

Meu Twitter: https://twitter.com/PauloAlmeida53

Facebook: https://www.facebook.com/paulobooks

Mostrando postagens com marcador textos de Paulo Roberto de Almeida. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador textos de Paulo Roberto de Almeida. Mostrar todas as postagens

segunda-feira, 20 de janeiro de 2020

A super riqueza de 22 homens e a extrema pobreza das mulheres africanas - Paulo Roberto de Almeida

A super riqueza de 22 homens e a extrema pobreza das mulheres africanas

Paulo Roberto de Almeida
 [Objetivo: debate; finalidade: comentário econômico]


Discordando de Jamil Chade: “Os 22 homens mais ricos do mundo têm mais riqueza que TODAS as mulheres da África.”
PRA: o quê uma coisa tem a ver com a outra? Absolutamente NADA!
Esses 22 megabilionários EXTRAIRAM sua riqueza das mulheres africanas?
Eles as impedem ou estão impedindo-as de também enriquecerem com base em seu próprio esforço e trabalho?
O que realmente impede mulheres e homens africanos de serem mais ricos do que são atualmente?
Seria a super riqueza de 22 privilegiados em outros continentes, que atuam em áreas completamente diversas?
Será que o fato de a mulher mais rica da África – a filha do ex-ditador de Angola por 39 anos – ter extraído, literalmente, sua riqueza de empresas estatais angolanas não estaria impedindo todas as demais mulheres angolanas de serem um pouco mais ricas, ou pelo menos um pouco menos pobres?
Em quê essa “acusação” de super riqueza de 22 homens ser maior do que o patrimônio de TODAS as mulheres africanas juntas resolve, corrige, supera essa tremenda desigualdade?
Por acaso a eventual, hipotética distribuição igualitária – se tal fosse possível sem violência – de TODA a fortuna dos 22 megabilionários em benefício de TODAS as mulheres africanas resolveria de fato o problema geral da pobreza africana, de homens, mulheres, crianças e velhos?
O que essa pobreza tem a ver com a super riqueza de certos dirigentes africanos, como, por exemplo, a filha do ex-ditador de Angola?
Não estaria essa desigualdade propriamente africana, mais próxima das raízes locais, reais, da desigualdade africana, do que a existência efetiva de 22 estrangeiros, provavelmente cidadãos de outros países e residentes em outros continentes e cuja fortuna deve ter muito pouco a ver com atividades econômicas conduzidas na África?
Que tal se, em lugar de ficar indicando 22 estrangeiros como supostos “culpados” da – ou pelo menos “correlacionados” com a – pobreza das mulheres africanas, jornalistas realmente investigativos buscassem investigar as reais origens, causas e fundamentos da pobreza de TODOS os africanos, ou pelo menos a imensa maioria deles?
Por que, em lugar de buscar soluções “Pickettyanas” – taxação dos ricos e distribuição igualitária dessa riqueza – para o problema da pobreza africana (latino-americana também), não se buscam soluções efetivas ao eterno problema de pobreza de nações dotadas de baixa produtividade do trabalho, isto é, da baixa qualidade do capital humano?
Por que, em lugar da péssima “solução” de empobrecer os muito ricos, economistas e jornalistas investigativos não se dedicam à nobre arte de enriquecer os muito pobres?
Por que essa obsessão doentia com as desigualdades distributivas – se elas não são o resultado da ação direta de governos e Estados, como pode ser o caso na África e na América Latina –, em lugar de simplesmente se ocupar da imensa pobreza de centenas de milhões de pessoas?
Por que raciocínios tão primários, ao estilo da OXFAM?

Paulo Roberto de Almeida
Brasília, 20/01/2020

terça-feira, 14 de janeiro de 2020

Pagina PRA em Academia.edu: um ano de acessos

Infelizmente não é o ano calendário recém encerrado, e sim do meio do ano de 2018 ao meio do ano que acabou: 

Your Impact from July 01, 2018 to June 30, 2019
17,862       Unique Visitors
6,223         Downloads
32,988      Views
142             Countries
2,613         Cities
872            Universities
11,548       Research Fields
150,548    Pages Read

Papers mais acessados (apenas os com mais de 1.000 acessos): 

1297) Contra a antiglobalização: Contradições, insuficiências e impasses do movimento antiglobalizador (2004) - 5,999

22) Prata da Casa: os livros dos diplomatas (Edição de Autor, 2014) - 5,050

A politica externa brasileira em debate: Ricupero, FHC e Araujo - 3,404

1462) O Brasil e a nanotecnologia: rumo à quarta revolução industrial (2005) - 3,348

As duas últimas décadas do século XX: fim do socialismo e retomada da globalização (2006) - 2,858

107) A diplomacia brasileira perante o potencial e as pretensões belgas (2014) - 2,135

A Constituicao Contra o Brasil: Ensaios de Roberto Campos - 1,660

19) Integração Regional: uma introdução (2013) - 1,656

16) O Moderno Príncipe: Maquiavel revisitado (2010) - 1,623

039) Enciclopédia de Guerras e Revoluções do Século XX (2004) - 1,358

056) Planejamento no Brasil: memória histórica (2006) - 1,332

14) O Estudo das Relações Internacionais do Brasil (2006) - 1,241

091) Teoria das Relações Internacionais – Apresentação (2012) - 1,179

24) Codex Diplomaticus Brasiliensis: livros de diplomatas brasileiros (2014) - 1,143

1378) O desenvolvimento na era da globalização (2005) - 1,081


domingo, 12 de janeiro de 2020

O nosso dilúvio: o novo Festival de Besteiras que Assola o País - Paulo Roberto de Almeida

O nosso dilúvio: o novo Festival de Besteiras que Assola o País
Paulo Roberto de Almeida


Muito antes do Stanislaw Ponte Preta (o cronista carioca Sergio Porto), que inventou o Febeapá, logo no começo do regime militar, teve um rei francês, Louis XIV, que se comparava ao sol, no período do máximo absolutismo monárquico, e que proclamou duas frases famosas: "L'État c'est moi", e "Après moi le déluge". É sobre esse dilúvio que eu quero falar.
Não tenho certeza de que depois dele veio algum dilúvio, mas muitos anos depois a França foi submergida por uma revolução radical, que, segundo os marxistas, afogou de vez o feudalismo enquanto modo de produção. Passons...
Mas tem também o dilúvio bíblico, aquele que arrasou a Terra, por causa dos pecados dos homens, mas Noé, escolhido por Deus, salvou gregos e goianos em sua arca, assim como um casal de todos os animais (minhoca inclusive; segundo a versão evangélica da história, só não foi possível salvar os dinossauros, porque eles não couberam naquela arca relativamente modesta, longe de ser um Titanic).
Pois bem, eu acho que o Brasil também passou por um dilúvio, mas isso não tem nada a ver com as chuvas bíblicas e precipitações torrenciais que se abatem sobre... os pobres (não sei se pecadores, mas mal instalados nas encostas).
O dilúvio foi primeiramente político, depois institucional, e agora está sendo torrencialmente cultural, arrasando pessoas e bens, destruindo tudo o que está pela frente dessas águas impetuosas do olavo-bolsonarismo e da extrema-direita.
Por enquanto não temos nenhum Noé para nos salvar, e não cabe mesmo apelas para mitos salvacionistas para nos proteger das enchentes de bobagens que se abatem sobre nós. Vamos ter de arregaçar as mangas, pegar nas pás e nas vassouras (nossos títulos eleitorais) e varrer o novo entulho autoritário e reacionário que se abateu sobre o Brasil inteiro. 

Paulo Roberto de Almeida
Brasília, 13/01/2020

sexta-feira, 10 de janeiro de 2020

A selection of works on Brazilian Foreign Policy and Diplomacy in English - Paulo Roberto de Almeida

PAULO ROBERTO DE ALMEIDA
A selection of works on Brazilian Foreign Policy and Diplomacy in English

Ordem cronológica inversa: 2019 a 2003
Atualizado em 10 de Janeiro de 2020

3474. “Brazil and the 1919 peace negotiations: a newcomer among the greats”, Brasília, 7-16 june 2019, 21 p. Paper prepared for the Peace Making after the First World War, 1919-1923 Conference, held on 27 and 28 June at The National Archives and Lancaster House. Sent to the Organizing Committee, on behalf of Dr Juliette Desplat (Head, Modern Overseas, Intelligence and Security Records; Collections Expertise & Engagement Department; The National Archives, Kew, Richmond, Surrey TW9 4DU. Disponível na plataforma Academia.edu (link: https://www.academia.edu/s/d498fd2bfa/brazil-and-the-1919-peace-negotiations-a-newcomer-among-the-greats-2019).

3284. “De la (Non) Démocratie en Amérique (Latine): a Tocqueville report on the state of governance in Latin America”, Brasília, 9 junho 2018, 41 p. Paper presented in the Estoril Political Forum; round-table “Brazil and Latin America: the challenges ahead”; postado em Academia.edu (link: https://www.academia.edu/s/a4cbf778cf/de-la-non-democratie-en-amerique-latine-a-tocqueville-report-on-the-state-of-governance-in-latin-america), em Research Gate (link: https://www.researchgate.net/publication/325809199_De_la_Non_Democratie_en_Amerique_Latine_A_Tocqueville_report_on_the_state_of_governance_in_Latin_America) e divulgado no blog Diplomatizzando (17/06/2018; link: https://diplomatizzando.blogspot.com/2018/06/de-la-non-democratie-en-amerique-latine.html) e no Facebook (link: https://www.facebook.com/paulobooks/posts/1950274015036039). Publicado na Revista de Estudos e Pesquisas Avançadas do Terceiro Setor, REPATS (vol. 5, n. 1, janeiro-junho 2008, p. 792-842; ISSN: 2359-5299; link: https://portalrevistas.ucb.br/index.php/REPATS/article/view/10020/5909DOI: http://dx.doi.org/10.31501/repats.v5i1%20Jan/Jun.10020). Relação de Publicados n. 1289.

3133. “A Brazilian Adam Smith: Cairu as the Founding Father of Political Economy in Brazil at the beginning of the 19thcentury”, Brasília, 30 junho 2017, 2 p. Proposal submission to the IASS international conference on Adam Smith (Universidad Adolfo Ibáñez; Viña del Mar, Chile, January 12-13, 2018; Publicado na revista Mises: Interdisciplinary Journal of Philosophy, Law and Economics (São Paulo, SP, Brazil; vol. 6, n. 1, edição 10 (janeiro-abril 2018); ISSN: 2318-0811, pp. 117-129; DOI: https://doi.org/10.30800/mises.2018.v6.64e-ISSN: 2594-9187; link: https://www.misesjournal.org.br/misesjournal/article/view/64; artigo em pdf, link: https://www.misesjournal.org.br/misesjournal/article/view/64/179). Relação de Publicados n. 1278.

3125. “Brazil as a Failing State (or, is it already a Failed State?)”, Brasília, 12 June 2017, 15 p. Note of opinion drafted for the Estoril Political Forum, Panel Brazil, June 27, 2017. Divulgado no blog Diplomatizzando (26/06/2017; link: http://diplomatizzando.blogspot.pt/2017/06/brasil-existe-uma-crise-da-democracia.html).

3062. “Itamaraty and the new Brazilian Foreign Policy”, São Paulo, 1 dezembro 2016, 7 p. Palestra na conferência “Geopolitics of the Global South: changing patterns of development”, realizada na FEA-USP, em cooperação com a Universidade de Pec, da Hungria. Postado no Diplomatizzando(http://diplomatizzando.blogspot.com.br/2016/12/geopolitics-of-global-south-changing.html); Disponível na plataforma Academia.edu (http://www.academia.edu/30208664/3062_Itamaraty_and_the_new_Brazilian_Foreign_Policy_2016_). 

3041. “China’s pivot, Brazil’s stance: a personal view”, Brasília, 24 setembro 2016, 6 p. Notas para intervenção no encontro GIBSA (Germany, India, Brazil, South Africa), realizado em Brasília, 26 e 27 de setembro, a convite do Emb. Roberto Abdenur. Publicado em Mundorama (24/09/2016, link: http://www.mundorama.net/2016/09/24/chinas-pivot-brazils-stance-a-personal-view-by-paulo-roberto-de-almeida/; URL: http://wp.me/p71o3r-59r). Disponibilizado em Academia.edu (link: https://www.academia.edu/s/42e5a419f5/3041-chinas-pivot-brazils-stance-a-personal-view-2016) e colocado no blog Diplomatizzando (link: http://diplomatizzando.blogspot.com.br/2016/09/chinas-pivot-brazils-stance-personal.html). Relação de Publicados n. 1242.

2924. “       Oswaldo Aranha: The continuity of Rio Branco’s Statesmanship”, Brasília, 23 janeiro 2016, 34 p. Tradução por Paul Sekscenski do trabalho n. 2502, destinado a ser publicado na versão em inglês do livro Pensamento Diplomático BrasileiroPublicado in: José Vicente Pimentel (org.), José Vicente Pimentel (ed.), Brazilian Diplomatic Thought: policymakers and agents of Foreign Policy (1750-1964) (Brasília: Funag, 2016, 3 vols.; ISBN: 978-85-7631-547-6) Traduzido para o Espanhol por Paola Citraro; publicado in: José Vicente de Sá Pimentel (org.), Pensamiento diplomático brasileño: formuladores y agentes de la política externa (1750-1964); ISBN: 978-85-7631-588-9; vol. III, 496 p. sequenciais; p. 663-707.Brasília: FUNAG, 2016; 3 v. – (História diplomática); Título original: Disponível no link: http://www.funag.gov.br/boletim-editorial/PDB-ES/livros/pdb_vol_3_es.pdfRelação de Publicados n. 1110 e 1236.

2906. “Brazilian Diplomatic Thought: methodological introduction to the ideas and actions of some of its representatives”, Brasília, 14 dezembro 2015, 16 p. Tradução para o inglês, por Paul Sekscenski do trabalho n. 2503, “Pensamento diplomático brasileiro: introdução metodológica às ideias e ações de alguns dos seus representantes” (Hartford, 27 Julho 2013, 19 p.), in: José Vicente Pimentel (ed.), Brazilian Diplomatic Thought: policymakers and agents of Foreign Policy (1750-1964), vol. 1 (Brasília: Funag, 2016, 346 p.; ISBN: 978-85-7631-547-6; p. 19-41; translation by Paul Sekscenski; available: http://funag.gov.br/loja/index.php?route=product/product&product_id=841; livro em pdf: http://funag.gov.br/loja/download/1166-BRAZILIAN_DIPLOMATIC_THOUGHT-PDB-Ingles-VOL-1.pdf); disponível em Academia.edu (link: http://www.academia.edu/29111021/Brazilian_Diplomatic_Thought_Policymakers_and_Agents_of_Foreign_Policy_1750-1964_2016_). Relação de Publicados n. 1245.

2888. “The Great Destruction in Brazil: How to Downgrade an Entire Country in Less Than Four Years”. Publicado em Mundorama (n. 102, 1/02/2016, ISSN: 2175-2052; link: http://www.mundorama.net/?p=18052). Relação de Publicados n. 1210.

2875. Brazil, Latin America, and the World: Essays in Foreign Policy and in International Economic Relations, Hartford, 21 setembro 2015, 383 p. Livro (2881) para ser editado e publicado, com outro título, constando dos trabalhos n. 1999, 2128, 2494, 1902, 1213, 2207, 2871, 2516, 2510, 1983, 2025, 1871, 1845, 1920, 2202, 2680, 2488, 761+959; 2479 e 2321. Revisão completa, resultou no trabalho n. 2881, sob o nome de Going Global: Brazil and Latin America in International Context. To be published.

2871. “The (non-)continuity of Lula’s Diplomacy under Dilma Rousseff”, Hartford, September 17, 2015, 5 p. A small piece of evaluation for adding to a book on Brazilian diplomacy, as an appendix to the section on Foreign Relations. Unpublished. Available at blog Diplomatizzando (10/01/2020; link: https://diplomatizzando.blogspot.com/2020/01/the-non-continuity-of-lulas-diplomacy.html); Academia.edu (link: https://www.academia.edu/41579812/The_non-_continuity_of_Lulas_diplomacy_under_Dilma_Rousseff_2015_).

2830. “Latin American development trends and Brazil’s role in the region”, Anápolis, 1-4 junho 2015, 15 p. Contribution to the journal “International Relations”, from People’s Friendship University of Russia (PFUR), Prof. Alla Borzova. Publicado em PFUR, Bulletin of International Relations (Moscow: People’s Friendship University of Russia, vol. 15, n. 4, December 2015, p. 7-19). Postado no blog Diplomatizzando (20/08/2016; link: http://diplomatizzando.blogspot.com.br/2016/08/latin-american-trends-paulo-roberto-de.html); Publicado na revista Paiaguás: revista de estudos sobre a Amazônia e Pacífico (UFMS; vol. I, n. 1, fevereiro-julho 2015, p. 37-53; link para a revista: http://seer.ufms.br/index.php/revpaiaguas . Link para o artigo: http://seer.ufms.br/index.php/revpaiaguas/article/view/997; em pdf: http://seer.ufms.br/index.php/revpaiaguas/article/view/997/606). Academia.edu (link: https://www.academia.edu/41579723/Latin_American_development_trends_and_Brazil_s_role_in_the_region_2015_). Relação de Publicados n. 1181 e 1209.

2680. “The Politics of Economic Regime Change in Brazilian History”, Hartford, 26 Setembro 2014, 41 p. Revisão final do trabalho 2673, para incorporação ao livro Ted Goertzel and Paulo Roberto de Almeida (eds.), The Drama of Brazilian Politics: From 1815 to 2015  (Amazon Digital Services; Kindle Book, 2014, 301 p.; ISBN: 978-1-4951-2981-0; ASIN: B00NZBPX8A; available at: http://www.amazon.com/dp/B00NZBPX8A), com a participação de outros colaboradores. (Available Academia.edu; link: https://www.academia.edu/41579661/The_Politics_of_Economic_Regime_Change_in_Brazilian_History_2014_). Relação de Publicados n. 1142 e 1143.

2534. “Historical and Contemporary Trends of Brazilian Foreign Policy: a critical assessment”, Hartford, 14 November 2013, 24 slides. Presentation prepared at the invitation of Dr. Thomas O’Keefe, Chair, Western Hemisphere Area Studies at the Foreign Service Institute, Department of State, for a talk in the Brazil Advanced Area Studies Course, at the National Foreign Affairs Training Center (4000 Arlington Blvd., Arlington, VA, 22204; Room K-1504; Tel. 703/302-6857), December 3, 2013, 11-12am. Shared through Dropbox (links to file in pptx: https://www.dropbox.com/s/8j63y5f62v6q96g/PRAlmeidaBrzForPol.pptx; in pdf: https://www.dropbox.com/s/5sb9e0gu087m296/PRAlmeidaBrzForPol.pdf).

2510. “Democracy Deficit in Emerging Countries: Undemocratic trends in Latin America and the role of Brazil”, Hartford, 3 September 2013, 34 p. Paper for the Conference “Promoting Democracy: What Role for the Emerging Powers?”, organized by the Deutsches Institut für Entwicklungspolitik (DIE), the International Development Research Centre (IRDC), and the University of Ottawa (Ottawa, 15-16 October 2013). Feito resumo para apresentação por Joseph Marques, sob n. 2517, devido ao não comparecimento (available at Academia.edu; link: https://www.academia.edu/attachments/32627094/download_file).

2493. “Brazil-USA relations during the Fernando Henrique Cardoso governments”, Hartford, 23 Junho 2013, 28 p. Versão em inglês do trabalho 1413, preparado para o livro Relações Brasil-Estados Unidos: séculos XX e XXI. Munhoz, Sidnei J.; Silva, Francisco Carlos Teixeira da. (Orgs.). Maringá: Editora da UEM, 2011, p. 273-307; em tradução feita por Phillip Wigan, revista por mim. Publicado In: Munhoz, Sidnei J.; Silva, Francisco Carlos Teixeira da (editors). Brazil-United States Relations: XX and XXI centuries. Maringá: Eduem, 2013, 460 p.; ISBN: 978-85-7628-532-8; capítulo 7, p. 217-246; disponível no link: https://www.academia.edu/attachments/32626974/download_file. Relação de Publicados n. 1108.

2488. “Brazilian trade policy in historical perspective: constant features, erratic behavior”, Hartford, 14 Maio 2013, 23 p.; Artigo de caráter ensaístico para a RBDI e para a Auslandsgesellschaft Nordrhein-Westfalen; (http://law.bepress.com/expresso/), site da RBDI: http://www.publicacoesacademicas.uniceub.br/index.php/rdi/index; Feito upload no Academia.edu (disponível no link: https://www.academia.edu/attachments/31443360/download_file). Publicado na Revista Brasileira de Direito Internacional – Brazilian Journal of International Law (vol. 10, n. 1, 2013, número especial: Direito Internacional Econômico; p. 11-26; doi:10.5102/rdi.v10i1.2393; ISSN: 2236-997X (impresso) - ISSN 2237-1036 (on-line); link: http://www.publicacoesacademicas.uniceub.br/index.php/rdi/article/view/2393/pdf). Inscrita na plataforma SSRN (Social Sciences Research Network: Available at SSRN: https://ssrn.com/abstract=3483346 or http://dx.doi.org/10.2139/ssrn.3483346https://ssrn.com/abstract=3483346). Relação de Publicados n. 1098.

2479. “Brazilian Economic Historiography: an essay on bibliographical synthesis”, Hartford, 11 Abril 2013, 17 p. Versão em inglês do trabalho 2263, publicado como: “Historiografia econômica brasileira”, Revista de Economia e Relações Internacionais (vol. 11, n. 21, July 2012, p. 5-21; ISSN: 1677-4973). Para a 38a. Conferência da Economic & Business History Society, em Baltimore (23-25 de maio de 2013); publicado em inglês na História e Economia: Revista Interdisciplinar (vol. 12, n. 1, 1o. semestre de 2014, p, 149-165; ISSN: 1808-5318). Academia.edu (link: https://www.academia.edu/7858303/2479_Brazilian_Economic_Historiography_an_essay_on_bibliographical_synthesis_2013-14_). Relação de Publicados n. 1137.

2321. “Brazil and United States: parallel lives?”, Brasília, 29 setembro 2011, 3 p. Review of: Joseph Smith: Brazil and United States: Convergences and Divergences (Athens, GA: Georgia University Press, 2010; pp. xii, 244; $ 24.95, paper; ISBN: 978-0-8203-2770-9), for the International History Review (Dr. Gaynor Johnson:). Divulgado no blog Diplomatizzando (9/06/2013; link: http://diplomatizzando.blogspot.com/2013/06/relacoes-brasil-estados-unidos-um-livro.html).

2207. “Never Seen Before in Brazil: Lula’s grand diplomacy”, Shanghai, 18 outubro 2010, 20 p. Revisão redutora do trabalho n. 2172, para RBPI; revisto em 8.12.2010. Publicado, sob o título: “Never Before Seen in Brazil: Lula’s grand diplomacy” na Revista Brasileira de Política Internacional (vol. 53, n. 2, 2010, p. 160-177; ISSN: 0034-7329; link: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-73292010000200009&lng=en&nrm=iso&tlng=en; arquivo em pdf: http://www.scielo.br/pdf/rbpi/v53n2/09.pdf). Relação de Publicados n 1013.

2148. “The Foreign Policy of Brazil under Lula”, Shanghai-Hangzhou, May 27-30, 2010, 9 p. Respostas a questões colocadas por Candice Moore – PhD. Candidate at LSE. Divulgado no blog Diplomatizzando (9/01/2020; link: https://diplomatizzando.blogspot.com/2020/01/brazilian-foreign-policy-under-lula.html).

2128. “Attraction and Repulsion: Brazil and the American world”, Shanghai, 8 abril 2010, 9 p. Ensaio para livro organizado por Sean Clark e Sabrina Hocque, What Lies Ahead?: Debating the Prospects for a ‘Post-American World’ (Routledge: London, 2011), como resposta às teses de Fareed Zakaria em The Post-American World (New York: W.W. Norton, 2009). Versão final em 5/03/2011, reduzida em relação ao original. Publicado in: Clark, Sean and Sabrina Hoque (eds.). Debating a Post-American World: What Lies Ahead? (London: Routledge, 2011, 288 p.; ISBN: 978-0415690553, p. 135-141; available: http://www.routledge.com/books/details/9780415690553/). Disponível (Academia.edu: link: https://www.academia.edu/41576924/Attraction_and_Repulsion_Brazil_and_the_American_world_2011_). Relação de Publicados n. 1061.

2025. “Relações do Brasil com a América Latina e os EUA”, Brasília, 9 julho 2009, 3 p. Artigo para a revista Conjuntura Econômica, edição especial sobre política externa brasileira (setembro 2009); Publicada versão em inglês, sob o título de “Brazilian Foreign Relations with South America and USA”, The Brazilian Economy: Economy, Politics and Policy Issues (FGV, Brazilian Institute of Economics: vol. 1, n. 8, September 2009) p. 30-33. Artigo postado em Academia.edu (link: https://www.academia.edu/41574082/Brazilian_Foreign_Relations_with_South_America_and_USA_2009_). Relação de Publicados n. 925.

2023. “Non-Intervention: a political concept, in a legal wrap: a historical and juridical appraisal of the Brazilian doctrine and practice”, Brasília, 8 Julho 2009, 17 p. Ensaio sobre o conceito em causa, para informar escritório britânico de advocacia. Posted Blog Textos PRA (03.03.2010; link: http://textospra.blogspot.com/2010/03/569-brazil-and-non-intervention-paulo-r.html). Disponível na plataforma Academia.edu (link: https://www.academia.edu/41574014/Non-Intervention_a_political_concept_in_a_legal_wrap_A_historical_and_juridical_appraisal_of_the_Brazilian_doctrine_and_practice_2009_).

1996. “Brazil’s role in South America and in the global arena”, Urbana, 13 abril 2009, 7 p. Answers to questions presented by Amanda Wade, M.A. Candidate 2010 of the Latin American & Hemispheric Studies Elliott School of International Affairs - George Washington University. Blog Diplomatizzando (13.04.2009; link: http://diplomatizzando.blogspot.com/2009/04/1063-turismo-academico-13-brazils-role.html).

1902. “Brazil in the world context, at the first decade of the 21th century: regional leadership and strategies for its integration into the world economy”, Rio de Janeiro, 26 junho 2008, 22 p. Essay for the volume edited by Joám Evans Pim (president IGESIP, Corunha; www.igesip.org; Editor Strategic Evaluation), on Brazilian Defense Policy: Current Trends and Regional Implications (to be published in United Kingdom). In: Joam Evans (org.), Brazilian Defence Policies: Current Trends and Regional Implications (London: Dunkling Books, 2009, 251 p.; ISBN: 978-0-9563478-0-0; p. 11-26). Divulgado em Academia.edu (link: https://www.academia.edu/41574135/Brazil_in_the_world_context_at_the_first_decade_of_the_21th_century_Regional_leadership_and_strategies_for_its_integration_into_the_world_economy_2008_).Relação de Publicados n. 935.

1900. “Brazil: Mileposts to Responsible Stakeholdership”, Brasília-Tóquio, 24 junho 2008, 53 p. Joint text, written with Miguel Diaz, for the project “Mileposts to Responsible Stakeholdership” of the Stanley Foundation (http://www.stanleyfoundation.org/); presented by Miguel Diaz in a Washington meeting (July 8, 2008) and published at the website of the Project “Powers and Principles: International Leadership in a Shrinking World” (November 3rd, 2008; link: http://www.stanleyfoundation.org/articles.cfm?ID=504), under the title: “Brazil's Candidacy for Major Power Status”, by Miguel Diaz and Paulo Roberto Almeida, with a reaction by Georges D. Landau (Muscatine, IA: The Stanley Foundation, Working Paper, November 2008, 24 p.; link: http://www.stanleyfoundation.org/powersandprinciples/BrazilCandidacyMPStatus.PDF). Published in book form as: “Brazil's Candidacy for Major Power Status”, with Miguel Diaz. In: Michael Schiffer and David Shorr (eds.). Powers and Principles: International Leadership in a Shrinking World (Lanham, MD: Lexington Books, 2009, 328p.; Co-published with: The Stanley Foundation; ISBN Cloth: 978-0-7391-3543-3; $85.00; ISBN Paper: 978-0-7391-3544-0; $32.95; p. 225-250; link: https://www.academia.edu/41574411/Brazils_Candidacy_for_Major_Power_Status_2008_). Relação de Publicados n. 897.

1868. “Brazil’s Integration into Global Governance: The rise of the Outreach-5 countries to a G-8 (plus) status”, Brasília, 9 março 2008, 29 p. Versão em inglês, ampliada, em colaboração com Denise Gregory, Diretora Executiva do Cebri, do trabalho 1866. Draft paper prepared for the Project Dialogue on Global Governance with the “Outreach” countries - Konrad Adenauer Stiftung, para apresentação em seminário no Cebri, Rio de Janeiro, em 4 de abril. Revisões: 4 de junho; 15 julho; 8 setembro (26 p.). Última revisão: 30 de dezembro. Publicado, como “Brazil”, no volume: Growth and Responsibility: The positioning of emerging powers in the global governance system (Berlin: Konrad Adenauer Stiftung, 2009, 126 p.; ISBN: 978-3-940955-45-6; p. 11-30; link: http://www.kas.de/wf/en/33.15573/-/-/-/index.html?src=nl09-01). Trabalhos publicados n. 887.

1856. “Brazil and Global Governance”, Brasília, 30 janeiro 2008, 17 p. Colaboração a trabalho a ser apresentado pelo CEBRI para centro de estudos do Canadá (Centre for International Governance Innovation - CIGI). Unpublished. Available at Academia.edu (link: https://www.academia.edu/41576829/Brazil_and_Global_Governance_2008_).

1811. “The Foreign Policy of Brazil under Lula: Regional and global diplomatic strategies”, Brasília, 30 setembro 2007, 25 p. Published as “Lula’s Foreign Policy: Regional and Global Strategies”, chap. 9, In: Werner Baer and Joseph Love (eds.), Brazil under Lula (New York: Palgrave-Macmillan, 2009, 326 p.; ISBN: 970-0-230-60816-0; p. 167-183; link: https://www.academia.edu/41574913/Lula_s_Foreign_Policy_Regional_and_Global_Strategies_2009_). Publicados n. 811.

1748. “Brazil as a regional player and as an emerging global power: Foreign policy strategies and the impact on the new international order”, Brasília, 3 maio 2007, 23 p. Contribuição ao seminário Re-Ordering the World? Emerging Powers and Prospects for Global Governance, organizado pela Friedrich Ebert Stiftung - Stiftung Wissenschaft und Politik (Berlim, 15-16 de maio de 2007). Versão reduzida em inglês para publicação pela FES-SWP, dia 7.07.07; publicado sob a forma de Briefing Paper, series Dialogue on Globalization (Berlin: Friedrich Ebert Stiftung, July 2007; link: http://library.fes.de/pdf-files/iez/global/04709.pdf).

1585. “Brazil story: once a vigorous country, now a lag behind economy!”, Brasília, 22 abril 2006, 5 p. Apresentação em PowerPoint para um encontro de estagiários da Comissão Fulbright, em São Paulo, no dia 2 de maio de 2006 (35 slides de texto, gráficos e tabelas), a convite de Luiz Loureiro. Available at Academia.edu (link: https://www.academia.edu/41576449/BRAZIL_story_once_a_vigorous_country_now_a_lag_behind_economy_2006_).

1213. “Comparing two foreign policies: FHC and Lula in perspective”, Brasília, 21 fev. 2004, 5 p. Revisto e ampliado em 28/02/2004. Tabela sinóptica, escrita originalmente em inglês, comparando princípios e práticas de política externa dos governos FHC e Lula, em grandes temas da agenda diplomática, para apresentação no seminário da Florida International University, em 4/03/2004: “Brazil Between Regionalism and Globalism: Old Ambitions, New Results?”, coorganizado pelo Summit of the Americas Center e o Instituto Brasileiro de Relações Internacionais; available at Academia.edu (link: https://www.academia.edu/41576385/Comparing_two_foreign_policies_FHC_and_Lula_in_perspective_2004_).

962. “Selective Bibliography: Brazilian Studies in the United States”, Washington, 10 out. 2002, 23 p. Seção final do livro Envisioning Brazil: A Guide to the Study of Brazil in the United States, 1945-2000 (Marshall C. Eakin, as co-editor). Available at the plataform Academia.edu (link: https://www.academia.edu/41576344/Bibliography_to_the_Guide_of_Brazilian_Studies_in_the_US_2005_).

961. “A Chronology of US-Brazil Relations and Academic Production, 1945-2002”, Washington, 10 out. 2002, 19 p. Capítulo 15 do livro Envisioning Brazil: A Guide to the Study of Brazil in the United States, 1945-2000 (Marshall C. Eakin, as co-editor). Tradução para o inglês Marcia Corteletti Loureiro; em Academia.edu (link: https://www.academia.edu/41576306/A_Chronology_of_US-Brazil_Relations_and_Academic_Production_1945-2003).

960. “Brazilian Studies in the United States: Trends, Perspectives and Prospects, 1945-2000”, Washington, 9 outubro 2002, 22 p. Capítulo elaborado para o livro sobre o brasilianismo acadêmico (publicado em O Brasil dos brasilianistas: um guia dos estudos sobre o Brasil nos Estados Unidos, 1945-2000; São Paulo: Paz e Terra, 2002), preparado originalmente para o seminário de estudos brasileiros nos EUA (realizado em Washington em 10/2000), para publicação (com cronologia e bibliografia separadas) no livro Envisioning Brazil: a Guide to the Study of Brazil in the United States, 1945-2000 (Marshall C. Eakin, as co-editor). Livro publicado pela University of Wisconsin Press (Maddison) em 2005. Disponível em Academia.edu (link: https://www.academia.edu/41576278/Brazilian_Studies_in_the_United_States_Trends_Perspectives_and_Prospects_2002-2005_).

647. “O Brasil e o futuro do Mercosul: dilemas e opções”, Brasília, 23 novembro 1998, 20 p. Reelaboração ampliada do trabalho n. 612, com base em pareceres anônimos solicitados pelo INTAL. Publicado como “Brasil y el futuro del Mercosur: dilemas y opciones”, Integración & Comércio (Buenos Aires: BID-INTAL, vol. 2, nº 6, set.-dic. 1998, p. 65-81; link: http://www.iadb.org/intal/aplicaciones/uploads/publicaciones/e_INTAL_IYC_06_1998_deAlmeida.pdf). Versão em inglês: “Brazil and the future of Mercosur: dilemmas and options”, Integration and Trade (Buenos Aires: BID-INTAL, vol. 2, n. 6, sept.-dec. 1998, p. 59-74) Divulgado em inglês em Academia.edu (link: https://www.academia.edu/41575485/Brazil_and_the_Future_of_Mercosur_dilemmas_and_options_1998_). Relação de Publicados nº 232. 


Paulo Roberto de Almeida
Brasília, 10 de Janeiro de 2020

terça-feira, 31 de dezembro de 2019

Fechando as listas de trabalhos originais e publicados - Paulo Roberto de Almeida

RELAÇÃO DE TRABALHOS ORIGINAIS, 33
Paulo Roberto de Almeida
 (Brasília, 2019: do nº 3.391 ao nº 3.559)

Trabalhos do Ano de 2019 (janeiro-dezembro 2019)
Nºs 3.391 a 3.559

Atualizada em 31 de dezembro de 2019

Alguma contabilidade rudimentar:
1) 168 trabalhos, ou seja, 14 trabalhos por mês, ou um trabalho completo a cada 2,14 dias (não estão contabilizados trabalhos incompletos ou em curso de redação).

Relação de Originais de Paulo Roberto de Almeida, 2019, 2019
Relação completa de trabalhos originais publicados ao longo do ano de 2019.
0 Views
View Impact
==============

TRABALHOS PUBLICADOS, 24
Paulo Roberto de Almeida

2019: Do n. 1.300 ao n. 1.333

Atualizada em 31 de dezembro de 2019
Número de trabalhos publicados: 33
Alguma contabilidade rudimentar:
1) 33 trabalhos, ou seja, 2,75 trabalhos por mês, ou um trabalho publicado a cada 10 dias.
Trabalhos Publicados Paulo Roberto de Almeida, 2019, 2019
Relação ainda incompleta de todos os trabalhos publicados em 2019, registrados, com alguns penden... more 
0 Views
View Impact