O que é este blog?

Este blog trata basicamente de ideias, se possível inteligentes, para pessoas inteligentes. Ele também se ocupa de ideias aplicadas à política, em especial à política econômica. Ele constitui uma tentativa de manter um pensamento crítico e independente sobre livros, sobre questões culturais em geral, focando numa discussão bem informada sobre temas de relações internacionais e de política externa do Brasil. Para meus livros e ensaios ver o website: www.pralmeida.org. Para a maior parte de meus textos, ver minha página na plataforma Academia.edu, link: https://itamaraty.academia.edu/PauloRobertodeAlmeida

quinta-feira, 18 de setembro de 2014

Across the Empire, 2014 (20): balanço quantitativo de 20 dias de viagem


Across the Empire, 2014 (20): balanço quantitativo de 20 dias de viagem

Paulo Roberto de Almeida

Sem pretender agora fazer um resumo muito extenso, ou detalhado, pois estou com a fatiga natural do dia e ainda trabalho por fazer no computador, pelo menos uma parte da noite, vou resumir agora as grandes etapas da viagem, deixando em seguida o registro das etapas, com seus respectivos links, para quem desejar ter uma pequena descrição de cada uma delas, acompanhada a cada vez de algumas fotos e ilustrações.
Demos a partida no dia 29 de agosto, uma sexta-feira, mas só no final do expediente de trabalho; ainda assim viajamos até quase o coração da Pensilvânia. Depois foram mais dois dias de aborrecidas estradas no milharal, sem esquecer Des Moines e North Platte, a caminho de Denver, onde ficamos três dias (visitando bem a cidade e Boulder, cidade universitária ao lado). Depois subimos até o caminho do Oregon, e em terras do Buffalo Bill (que está um pouco em todas as partes por ali).
Visitamos Yellowstone, com seus geysers e búfalos, mas não somos fascinados por essas coisas de natureza: gostamos mais de cultura, e de cidades. As etapas seguintes foram na costa do Pacífico: Portland, no Oregon, Tacoma e Seattle, no estado de Washington, e finalmente Vancouver, o ponto mais extremo ao ocidente, a que chegamos, onde também estivemos três ricos dias, com incursões pela cidade e arredores. Depois começamos a voltar, e aí tivemos montanhas e florestas. Great Falls, no Montana, Little Big Horn, no mesmo estado, e Mount Rushmore, no extremo oeste de South Dakota. Finalmente, atravessamos esse estado larguíssimo, e o Minnesota, para vir até Wisconsin, onde estivemos ontem, visitando um pequeno museu do vidro que estava em minha lista de pequenos museus desde mais de um ano. Estamos a cavalo, se ouso dizer, do lago Michigan, e vamos passar para o lado do lago Huron, para depois descer até Detroit, quase no lago Saint Clair. De lá atravessaremos novamente para o Canadá, um país tão simpático que ele poderia se mudar para o Brasil, com armas e bagagens, como se diz, mas preferimos que seja com simpatia e tecnologia, e também diversidade cultural e humana, além das paisagens belíssimas (mas sem neve).
Como o balanço é apenas quantitativo, preciso colocar aqui as quantidades. Pois bem, da costa atlântica até o Pacífico (Vancouver), fizemos 4.160 milhas (ou 6.656km), quando o planejamento inicial era de apenas 3.860 milhas (ou 6.176km). De Vancouver até a presente etapa, em Manistique, no extremo norte do Lago Michigan, acumulamos mais 2.465 milhas (ou 3.994km). Ou seja, no total, fizemos 6.625 milhas, ou 10.600km, quando pelo planejamento inicial (que foi modificado em várias etapas), estaríamos fazendo, aproximadamente até aqui (ou seja, no 20o. dia de viagem) “apenas” 5.128 milhas, ou 8.205km. Isto quer dizer que acumulamos um “surplus” de 1.500 milhas, pelos dias viajados, mas aproximadamente o mesmo volume de milhas percorridas nas distâncias programadas (que deveria ser em torno do Milwaulkee, no Wisconsin, de onde tínhamos cogitado tomar um ferry para atravessar o lago Michigan, mas acabamos desistindo por impossibilidade de horário).
Coloco, finalmente, como ilustração, os dois mapas das principais etapas que já fizemos, e um terceiro que talvez ainda venhamos a cumprir como está traçado, mas nunca poderemos excluir alguma esticada para outras paragens, também, no Canadá ou nos Estados Unidos. Afinal de contas, temos até o dia 28 para voltar para casa, ou seja, mais dez dias de férias...



Fico por aqui, e quem desejar pode ir clicando nas etapas abaixo para se divertir um pouco...

         Paulo Roberto de Almeida
Manistique, 18 de setembro de 2014


=============

Lista das postagens:

0) Crossing the Empire (0): segunda viagem através dos EUA: 12,6 mil km em 30 dias: http://diplomatizzando.blogspot.com/2014/08/crossing-empire-segunda-viagem-atraves.html

1) Across the Empire (1) First day: boring roads, sempre mais do que o planejado...: http://diplomatizzando.blogspot.com/2014/08/across-empire-1-first-day-boring-roads.html

2) Across the Empire (2) Second day: only the road, no more than the road...: http://diplomatizzando.blogspot.com/2014/08/across-empire-2-second-day-only-road-no.html

3) Across the Empire (3): Des Moines, Omaha e o caminho dos pioneiros...: http://diplomatizzando.blogspot.com/2014/09/across-empire-3-des-moines-omaha-e-o.html

4) Across the Empire (4): de North Platte, Nebraska, a Denver, Colorado: http://diplomatizzando.blogspot.com/2014/09/across-empire-4-de-north-platte.html

5) Across the Empire (5): em Denver, num jardim botânico de vidro (Chihuly): http://diplomatizzando.blogspot.com/2014/09/across-empire-5-em-denver-num-jardim.html).


7) Across the Empire (7): de Denver a Cody, leituras no velho Oeste: http://diplomatizzando.blogspot.com/2014/09/across-empire-7-leituras-no-velho-oeste.html

8) Across the Empire (8): tinha um Yellowstone no caminho: http://diplomatizzando.blogspot.com/2014/09/across-empire-8-tinha-um-yellowstone-no.html

9) Across the Empire (9): de Twin Falls a Portland, pelo Oregon Trail: http://diplomatizzando.blogspot.com/2014/09/across-empire-9-de-twin-falls-portland.html

10) Across the Empire (10): em Portland, buscando cultura: http://diplomatizzando.blogspot.com/2014/09/across-empire-10-em-portland-buscando.html

11) Across the Empire (11): de Portland, OR, a Tacoma, WA: http://diplomatizzando.blogspot.com/2014/09/across-empire-11-de-portland-or-tacoma.html

12) Across the Empire (12): de novo com Chihuly, desta vez em Seattle: http://diplomatizzando.blogspot.ca/2014/09/across-empire-12-de-novo-com-chihuly.html

13) Across the Empire (13): em Vancouver, fazendo o balanço da metade do caminho: http://diplomatizzando.blogspot.ca/2014/09/across-empire-2014-13-em-vancouver.html

14) Across the Empire, 2014 (14): Flanando em Vancouver: http://diplomatizzando.blogspot.ca/2014/09/across-empire-2014-14-flanando-em.html 

15) Across the Empire, 2014 (15): Adieu, Vancouver (mas prometemos voltar): http://diplomatizzando.blogspot.com/2014/09/across-empire-15-adieu-vancouver-mas.html

16) Across the Empire, 2014 (16): De Vancouver a Missoula, Montana: dois países, três estados, quase 1000km: http://diplomatizzando.blogspot.com/2014/09/across-empire-16-de-vancouver-missoula.html

17) Across the Empire, 2014 (17): De Missoula, Montana, ao Mount Rushmore, South Dakota, via Little Big Horn: http://diplomatizzando.blogspot.com/2014/09/across-empire-2014-17-de-missoula-mt-ao.html

18) Across the Empire, 2014 (18): De South Dakota a Minnesota, terras de cowboys, gado e milharais: http://diplomatizzando.blogspot.com/2014/09/across-empire-18-de-south-dakota.html

19) Across the Empire, 2014 (19): Wisconsin e Michigan, dos vidros ao lago: http://diplomatizzando.blogspot.com/2014/09/across-empire-2014-19-wisconsin-e.html

Nenhum comentário: