O que é este blog?

Este blog trata basicamente de ideias, se possível inteligentes, para pessoas inteligentes. Ele também se ocupa de ideias aplicadas à política, em especial à política econômica. Ele constitui uma tentativa de manter um pensamento crítico e independente sobre livros, sobre questões culturais em geral, focando numa discussão bem informada sobre temas de relações internacionais e de política externa do Brasil. Para meus livros e ensaios ver o website: www.pralmeida.org. Para a maior parte de meus textos, ver minha página na plataforma Academia.edu, link: https://itamaraty.academia.edu/PauloRobertodeAlmeida

sexta-feira, 11 de outubro de 2019

"Política externa para o povo": os resultados práticos - Paulo Roberto de Almeida

No último domingo, 6/10, eu havia feito a postagem seguinte:

domingo, 6 de outubro de 2019


Política externa: os desastres em série

E ainda não acabou:

Resultados práticos da “política externa para o povo” do olavo-bolsonarismo diplomático dos últimos 9 meses:
1) reforçaram o chavismo-madurismo na Venezuela;
2) trouxeram de volta o peronismo argentino;
3) converteram o Brasil em pária internacional, e não só no meio ambiente;
4) iniciaram uma luta insana contra a “ideologia de gênero” nos foros internacionais;
5) aliaram o Brasil aos mais execráveis líderes da extrema-direita mundial.

Tem muito mais a apresentar...
Até quando irá a destruição da política externa e da diplomacia brasileira sob a direção dos aloprados que subordinaram o Brasil aos desejos de Trump?
Paulo Roberto de Almeida
Pirenópolis, 6/09/2019
Nesta sexta-feira, podemos atualizar a lista dos desastres:

1) Bye-bye OCDE (pelo futuro previsível);
2) Bye-bye aprovação de Bolsokid para Washington;
3) Bye-bye aliança pessoal com Trump? (ainda não é certo, mas já está enfraquecido);
4) Bye-bye aliados argentinos (sem visita bilateral em vista?);
5) Bye-bye Conselho de Direitos Humanos? (em breve);
6) Bye-bye coordenação com EUA na questão da Venezuela;
7) Bye-bye acordo Mercosul-UE?;
8) Adeus credibilidade da diplomacia brasileira;
9) Adeus a velhos amigos na Itália (onde mais?);
10) Adeus às últimas ilusões de que os aloprados pudessem se corrigir...

A lista ainda terá muitos outros acréscimos. Aguardem.

Paulo Roberto de Almeida
Brasília, 11/10/2019


Nenhum comentário: